“BUENOS AIRES TE DA MUNDO”: trayectorias formativas de la población joven ecuatoriana en la Ciudad Autónoma de Buenos Aires.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Claudia Pedone

Resumo

A Argentina como lugar de imigração registrou, na última década, transformações vantajosas para os migrantes latino-americanos que buscam destinos alternativos aos países do Norte. No início dos anos 2000, a desvalorização do peso argentino faz da Argentina um local atraente, com um bom nível acadêmico e muito mais econômico em termos de custos em relação aos destinos mais tradicionais, como os Estados Unidos, o Canadá e alguns países europeus. É nesse cenário político e socioeconômico que levamos adiante o estudo das trajetórias e estratégias de formação de jovens do Equador que viajam para Argentina para fazer graduação e pós-graduação, principalmente para a Cidade Autônoma de Buenos Aires a partir dos anos 2000. O principal objetivo deste artigo é analisar um fluxo de migração qualificada a partir das perspectivas teóricas da transnacionalidade e da interseccionalidade, e trabalhando ao nível metodológico com etnografias transnacionais. As trajetórias de formação de graduação e de pós-graduação da população jovem equatoriana são abordadas a partir das categorias de análise de gênero, faixa etária, classe social, educação pública e privada e inserção em áreas de conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Pedone, C. (2018). “BUENOS AIRES TE DA MUNDO”: trayectorias formativas de la población joven ecuatoriana en la Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Périplos: Revista De Estudos Sobre Migrações, 2(1). Recuperado de http://periodicos.unb.br/index.php/obmigra_periplos/article/view/21226
Seção
Artigos