O Problema das Justificações Parciais

Palavras-chave: justificações parciais, possibilidade, contingência, indeterminação

Resumo

É comum que algumas proposições e suas respectivas negações sejam justificadas. Isso dá origem ao problema das justificações parciais. Este é apresentado e três soluções são avaliadas, discutidas e examinadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Costa-Leite, Universidade de Brasília

Professor adjunto do Departamento de Filosofia da Universidade de Brasília. Doutor em Filosofia pela Université de Neuchâtel (Suíça). Pós-doutorado financiado pela Swiss National Science Foundation na City University of New York (The Graduate Center - EUA) e pós-doutorado na UNICAMP financiado pela FAPESP. Estágios de doutorado na Universiteit Amsterdam (Holanda), na Universidade Técnica de Lisboa (Portugal) e na École Normale Supérieure de Paris (França). Foi pesquisador associado do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE-UNICAMP). Suas pesquisas são em lógica, filosofia da lógica, metafísica e epistemologia.

Referências

ARTEMOV, S. (2008). The logic of justification. In The Review of Symbolic Logic, 1(4), pp. 477-513.

COSTA-LEITE, A. (2014). Lógicas da justificação e quase-verdade. Principia: an international journal of epistemology, 18 (2), pp.175-186.

COSTA-LEITE, A. (2010). Logical properties of imagination. Abstracta, 6(1), pp. 103-116.

DA COSTA, N. (1999). O conhecimento científico, 2a. edição, São Paulo: Discurso Editorial.

DE SOUZA, E. G.; COSTA-LEITE, A; DIAS, D.H.B. (2016). On a paraconsistentization functor in the category of consequence structures. Journal of Applied Non-Classical Logics, 26(3), pp.240-250.

EPSTEIN, R. (2001). Propositional Logics: The Semantic Foundations of Logic. Belmont: Wadsworth/Thomson Learning.

EMPÍRICO, S. (2005). Outlines of scepticism. Editado por Julia Annas e Jonathan Barnes. Cambridge: Cambridge University Press.

JASKOWSKI, S. (1948). Propositional calculus for contradictory deductive systems. Logic and Logical Philosophy, 7, 35-56.

ŁUKASIEWICZ, J. (1970). On three-valued logic. In: Jan Łukasiewicz: SelectedWorks, editado por L. Borkowski. Warsawa: Noth-Holland Publishing. Original: 1920.

MALINOWSKI, G. (1993). Many-Valued Logics. New York: Oxford University Press.

MONTGOMERY, H; ROUTLEY, R. (1966). Contingency and noncontingency bases for normal modal logics. In: Logique et Analyse, vol.9, No 35-36, 318-328.

PORTCHAT PEREIRA, O. (2006). Rumo ao ceticismo. São Paulo: Editora da UNESP.

SCHANG, F; COSTA-LEITE, A. (2016). Une sémantique générale des croyances justifiées. CLE e-prints, 16(3), pp.1-24.

SU, C-P. (2014). Paraconsistent Justification Logic: a Starting Point. Advances in Modal Logic. London: College Publications, pp. 513-532.

VAN BENTHEM, J. (2010). Modal logics for open minds. Stanford: CSLI Publications.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
Costa-LeiteA. O Problema das Justificações Parciais. Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea, v. 6, n. 2, p. 95-104, 28 dez. 2018.