Contradições territoriais: signos do modelo aplicado na Amazônia

Main Article Content

Neli Aparecida Mello

Resumo

O presente artigo objetiva a análise dos resultados territoriais das políticas de meio ambiente e desenvolvimento e dos diferentes modos de organização do espaço na Amazônia brasileira a partir dos anos 1970. As configurações territoriais das políticas públicas são o primeiro vetor desse processo. Indicadores quantitativos e qualitativos enfatizam as disparidades entre a Amazônia conservada e a produtiva. A relação entre programas ambientais, de infra-estrutura e os sistemas produtivos é destacada pela apreciação do investimento governamental e privado, do crescimento de áreas de proteção ambiental, da implantação dos novos “corredores ecológicos”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Mello, N. A. (2011). Contradições territoriais:: signos do modelo aplicado na Amazônia. Sociedade E Estado, 18(1-2). Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/5039
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Neli Aparecida Mello

 Doutora em Geografia, pesquisadora associada ao Centro de Desenvolvimento Sustentável da UnB e à UMR IRD/ENS Territoires et Mondialisation dans les Pays du Sud.