REDES E GOVERNANÇA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS

Autores

  • Paulo Calmon Universidade de Brasília
  • Arthur Trindade Maranhão Costa Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Abordagem de Redes. Gestão. Políticas Públicas. Governança.

Resumo

O objetivo deste estudo é apresentar alguns conceitos fundamentais sobre a chamada abordagem de redes, que caracteriza um amplo conjunto de teorias e de modelos analíticos elaborados ao longo das últimas décadas que, por sua vez, objetiva entender a dinâmica social, política e administrativa com base na proposição de que indivíduos agem em uma rede de relações sociais complexa. A intenção é possibilitar uma introdução à abordagem de redes e de alguns conceitos básicos que possam auxiliar na gestão de redes de políticas públicas. Com esse propósito, apresentamos uma revisão de parte da literatura que examina as principais características de duas abordagens de rede: a que trata das questões relacionadas à s redes para elaboração de uma estratégia analítica e de um conjunto de heurísticas voltadas para a análise de questões sociais complexas e a que utiliza o mesmo conceito para caracterizar uma estrutura de governança específica que vem sendo adotada cada vez mais tanto no setor público, quanto no setor privado. Este estudo focaliza aspectos específicos relacionados às redes de políticas públicas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Paulo Calmon, Universidade de Brasília

Professor do Instituto de Ciência Política e Diretor do CEAG (Centro de Estudos Avançados de Governo) da Faculdade de Economia, Administração e Ciências Contábeis da Universidade de Brasília, Brasil. Contato: Paulo.calmon@gmail.com ou calmon@unb.br    

Arthur Trindade Maranhão Costa, Universidade de Brasília

Professor do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília e pesquisador do CEAG (Centro de Estudos Avançados de Governo) da Faculdade de Economia, Administração e Ciências Contábeis da Universidade de Brasília, Brasil. 

Referências

BRANDES, U.; KENIS, P.; RAAB, J.; SCHNEIDER, V.; WAGNER, D. Explorations into the Visualization of Policy Networks. Journal of Theoretical Politics, ano. 11, n. 1, p. 75-106. 1999.
BRITTO, J. Cooperação Interindustrial e Redes de Empresas. In: D. KUPFER; L. HASENCLEVER, Economia industrial: fundamentos teóricos e práticas no Brasil (. Rio de Janeiro: Editora Campus. 2002. p. 345-388.
BURT , R. Structural holes: the social structure of competition. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1992.
BURT, R. Brokerage & closure: an introduction to social capital. Oxford: Oxford University Press, 2005.
GRANOVETTER, M. The strength of weak ties. American Journal of Sociology, ano.78, n. 6, p. 1360-1380. 1973.
GRANOVETTER, M. . The impact of social structure on economic outcomes. Journal of Economic Perspectives, ano 19, 2005, p. 33”“50.
KICKERT , W.; KOPPENJAN, J. Public management and network management: an overview. In: W. Kickert; E.-H. Klijn; J. Koppenjan, Managing Complex Networks. London: Sage Publications, 1999, p. 35-61.
KICKERT, W.; KLIJN, E.; KOPPENJAN, J. Introduction: a management perspective on policy networks. In: W. J. Kickert; E.-H. Klijn; J. F. Koppenjan, Managing Complex Networks. London: Sage Publications, 1999, p. 1-13.
KINGDON, J. W. Agendas, alternativas and public policy. Boston: Little Brown, 1984.
MCGUIRE, M. Managing networks: propositions on what managers do and why they do it. Public Administration Review, ano 62, n. :5, 599-609. 2002.
POWELL, W. W.; SMITH-DOERR, L. Networks and economic life. In: N. Smelser; R. Swedberg, the handbook of economic sociology princeton: Princeton University Press, 1994, p. 368-402.
SCHNEIDER, V. Redes de políticas públicas e a condução de sociedades complexas. Civitas, v.5. n.1, 29-58. 2005
SCHNEIDER, V.; WERLE, R. Policy networks in german telecommunications domain. In: B. Marin; R. Mayntz, Policy networks: empirical evidence and theoretical considerations Boulder/Frankfurt: Westview Press and Campus Verlag, 1991. p. 97-137.
SCOTT, J. Social network analysis: a hanbook. London: Sage Publications, Inc, 2000.
THELEN, K. Institutional change in advanced political. British Journal of Industrial Relations, v.47, n. 3, p. 471”“498. 2009.

Downloads

Publicado

2013-06-25

Como Citar

CALMON, P.; COSTA, A. T. M. REDES E GOVERNANÇA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS. RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas, [S. l.], n. 1, 2013. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rp3/article/view/11989. Acesso em: 8 fev. 2023.