FATORES DE ADESÃO E NÃO ADESÃO DAS MULHERES AO EXAME COLPACITOLÓGICO

Autores

  • Juarez Coimbra Ormonde Junior UNEMAT - UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO.
  • Larrisa Danieli de Oliveira Vinculada a Universidade do Estado de Mato Grosso.
  • Rosiély Maria de Sá

Palavras-chave:

Saúde da Mulher, Saúde pública

Resumo

O estudo apresenta resultados sobre a adesão das mulheres ao exame colpacitológico na unidade de saúde. Teve por finalidade produzir conhecimento acerca da adesão das mulheres ao procedimento, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida. O objetivo foi identificar fatores da adesão e não adesão para a realização do exame. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, realizada com 30 usuárias da unidade de saúde em Diamantino-MT no ano de 2013. Os dados foram coletados por questionário estruturado com usuárias cadastradas entre 25 a 59 anos de idade. O estudo revelou que pode haver uma relação direta entre o nível educacional das mulheres entrevistadas e o nível de adesão ao exame. Revela também que um dos fatores para a não adesão seria a vergonha. O procedimento é considerado o meio mais eficaz para o diagnóstico do câncer de colo do útero, visto que a maioria dos casos ocorre de forma silenciosa, o que torna necessário trabalhar com a sensibilização das mulheres, tarefa que se mostra função imprescindível para a enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juarez Coimbra Ormonde Junior, UNEMAT - UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO.

PROFESSOR DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO - UNEMAT - CAMPUS DE DIAMANTINO - MATO GROSSO. ESP. EM SAÚDE PÚBLICA.

Larrisa Danieli de Oliveira, Vinculada a Universidade do Estado de Mato Grosso.

Vinculada a Universidade do Estado de Mato Grosso.

Rosiély Maria de Sá

Vinculada a Universidade do Estado de Mato Grosso.

Downloads

Como Citar

1.
Ormonde Junior JC, de Oliveira LD, Sá RM de. FATORES DE ADESÃO E NÃO ADESÃO DAS MULHERES AO EXAME COLPACITOLÓGICO. Rev. G&S [Internet]. 2º de fevereiro de 2015 [citado 6º de maio de 2021];6(1):pag. 184-200. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/2545

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)