O perfil representacional dos cuidadores de pacientes acometido por acidente vascular cerebral

Autores

  • Jeferson Santos Araujo Universidade de São Paulo - USP
  • Silvio Eder Dias da Silva Universidade Federal do Pará - UFPA
  • Mary Elizabeth de Santana Universidade Federal do Pará - UFPA
  • Vander Monteiro da Conceição
  • Esleane Vilela Vasconcelos Universidade Estadual do Pará - UEPA
  • Lucialba Maria Silva dos Santos Universidade federal do Pará
  • Ralrizônia Fernandes Sousa Universidade do Estado do Pará

Palavras-chave:

Enfermagem, Psicologia Social, Representações Sociais, Cuidado, Saúde

Resumo

Objetivo: Objetivou-se caracterizar o ambiente dos cuidadores de pacientes acometidos por Acidente Vascular Cerebral(AVC) com dados referentes à identificação como sexo, idade, escolaridade e profissão e as condições socioeconômicas como renda, religião e convívio familiar. Método: O estudo é qualitativo com o emprego do método descritivo, o qual utiliza como preceitos vertentes da pesquisa social das representações sociais. Foram entrevistados 20 cuidadores e a análise ocorreu pelo método de análise de conteúdo temático. Resultados: O perfil sociodemográfico dos cuidadores forneceu importantes informações quanto a sua inserção no ambiente de cuidado e como se procedem esses no seu cotidiano, cenário perfeito para que o enfermeiro, durante o processo de ensino e aprendizagem do cuidado, auxilie os cuidadores, pois quando o acometido por AVC recebe a alta hospitalar, são os cuidadores domiciliares que continuarão com o cuidado necessário para a recuperação do sujeito em seu domicilio. Conclusão: Apreendeu-se que é de suma importância, o processo de analisar o perfil socioeconômico e demográfico dos cuidadores, a fim de conhecer o ambiente sociocultural em que estão inseridos, assim como as representações sociais relacionadas ao cuidado prestado por estes cuidadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Santos Araujo, Universidade de São Paulo - USP

Doutorando em Enfermagem Fundamental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP; Enfermeiro Licenciado Pleno e Bacharel em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem da UFPA, Especialista em Enfermagem do Trabalho - IBPEX. Vinculado ao Núcleo de Grupo de Estudo da Reabilitação de Pacientes Cirúrgicos e Oncológicos - USP.

Silvio Eder Dias da Silva, Universidade Federal do Pará - UFPA

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem pelo DINTER UFPA/UFSC, vinculado ao Núcleo de Pesquisa GEHCES - Grupo do Estudo de História do Conhecimento da Enfermagem e Saúde/UFSC, Professor Adjunto da Faculdade de Enfermagem da UFPA.

Mary Elizabeth de Santana, Universidade Federal do Pará - UFPA

Enfermeira, Doutora em Enfermagem pela Escola de enfermagem de Ribeirão Preto da USP, vinculada ao Núcleo de Pesquisa EPOTENA, Professora Adjunto da Faculdade de Enfermagem da UFPA.

Vander Monteiro da Conceição

Enfermeiro, Licenciado pleno e Bacharel em Enfermagem e Obstetrícia. Especialista em Integralidade na Atenção Oncologica. Mestrando em Enfermagem Fundamental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - USP.

Esleane Vilela Vasconcelos, Universidade Estadual do Pará - UEPA

Enfermeira do Hospital Ophir Loyola e da SESPA, Especialista em Enfermagem Cirúrgica e Terapia Intensiva. Mestranda em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Magalhães Barata - UEPA.

Lucialba Maria Silva dos Santos, Universidade federal do Pará

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia e Licenciada Plena em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará. Pós-graduada em Integralidade na Atenção Oncológica pelo Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicologia e Saúde. Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Pará - Linha de Pesquisa: Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico. Membro do grupo de pesquisa: Educação, Políticas e Tecnologia em Enfermagem da Amazônia (EPOTENA).

Ralrizônia Fernandes Sousa, Universidade do Estado do Pará

Enfermeira Graduada pela Universidade Federal do Pará. Mestranda em Enfermagem pela Universidade Estadual do Pará. Enfermeira da Unidade Municipal de Saúde Água Lindas, no município de Ananindeua - Pará.

Downloads

Publicado

28-07-2017

Como Citar

1.
Araujo JS, Silva SED da, Santana ME de, Conceição VM da, Vasconcelos EV, Santos LMS dos, Sousa RF. O perfil representacional dos cuidadores de pacientes acometido por acidente vascular cerebral. Rev. G&S [Internet]. 28º de julho de 2017 [citado 19º de setembro de 2021];3(3):574-86. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/126

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2