Projeto Politeia: a simulação como instrumento metodológico de ensino sobre o processo legislativo brasileiro

Politeia Project: simulation as a methodological tool for teaching the brazilian legislative process

Autores

  • Graziela Dias Teixeira
  • Thawany Gomes

Palavras-chave:

simulacao, politeia

Resumo

RESUMO Este trabalho trata do Projeto de Extensão Politeia do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, que promove a simulação do processo legislativo brasileiro a estudantes do ensino superior. Busca-se analisar esse Projeto como um instrumento metodológico de ensino sobre o processo legislativo brasileiro. Para isso são abordados os principais conceitos sobre metodologias de ensino ativas, e os benefícios da simulação como metodologia de ensino. São apresentadas experiências de simulações parlamentares em Casas Legislativas do Brasil, bem como entrevistas com ex-membros do Projeto Politeia e com servidores da Câmara dos Deputados. Este estudo possibilitou a percepção do Projeto Politeia como metodologia diferenciada e complementar ao ensino tradicional. As discussões realizadas na simulação corroboraram para o aprimoramento de habilidades que vão além do conhecimento técnico.

PALAVRAS-CHAVE: Simulação, Processo legislativo, Câmara dos Deputados, Metodologias ativas de aprendizagem, Politeia.

ABSTRACT This article studies the simulation of the Brazilian legislative process as an active teaching methodology. The article explains the main concepts of active teaching methodologies, and the benefits of simulation as a teaching methodology. This article presents Brazilian politics simulations and interview students who participated in Project Politeia, a simulation organized by the Political Science Institute of the University of Brasília. Moreover, public employees who organize this simulation on Brazilian Parliament. Finally, the interviews try to understand the methodological aspect of the simulation. The interviews showed Project Politeia that complemented methodology to traditional teaching. The simulation facilitates studying learning and develops other abilities that go beyond technical knowledge.

KEYWORDS: Simulation, Legislative Process, Chamber of Deputies, Active teaching methodology, Politeia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBERNAZ, Vinícius; BENINI, Augusto; SALVE, Guilherme. (2016). O Parlamento Jovem: a experiência do protagonismo juvenil no projeto Deputado Universitário Tocantinense. Cadernos da Escola do Legislativo, v. 18, n. 19, jan/jun.

BACICH, Lilian; MORAN, José (orgs) (2017). Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem téorico-prática. Porto Alegre: Penso.

CÂMARA DOS DEPUTADOS. Parlamento Jovem Brasileiro, Jornada Parlamentar. https://www2.camara.leg.br/a-camara/programas-institucionais/educacao-para-a-cidadania/parlamentojovem/o-que-e-o-parlamento-jovem-brasileiro/jornada-parlamentar. (Acesso 13/03/21)

COSSON, Rildo. (2018) Letramento político: a perspectiva do legislativo no estudo do Programa Estágio-Visita da Câmara dos Deputados. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara.

DIESEL, Aline; BALDEZ, Alda; MARTINS, Silvana (2017). Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema, v. 14, Nº 1.

GIL, Antonio Carlos. (1991). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas.

GILLESPIE, Andra; MICHELSON, Melissa (2011). Political Scientist: Possibilities, Priorities, and Practicalities.

JONES, Rebecca; BURSENS, Peter (2015). The effects of active learning environments: how simulations trigger affective learning. European Political Science 14.

KALLESTRUP, Morten. (2018) Learning effects of negotiation simulations: Evidence from different student cohorts. In P. Spooren, D. Duchatelet, P. Bursens, D. Gijbels, & V. Donche (Eds.). Simulations of decision-making as active learning tools. Switzerland: Springer International Publishing.

KRÖGER, Sandra. (2018) Teaching and training realising the potential of EU simulations - practical guidance for beginners. European Political Science 17.

LEMES, Laura (2020). Parlamento Jovem. Revista Expressão, v. 9 n. 1.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.) (2009). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade.

MÓNICO, Lisete et al (2017). A Observação Participante enquanto Metodologia de Investigação. Atas CIAIQ- Investigação Qualitativa em Ciências Sociais v. 3.

OLIVEIRA, Maria (2008). Como fazer Pesquisa Qualitativa. Petrópolis: Vozes.

POLITEIA. Regimento Interno, 14ª Edição (2019). https://projetopoliteia.com.br/wp-content/uploads/2019/06/RIP-2019-1.pdf. (Acesso em 03/05/2021)

RAYMOND, Chad; USHERWOOD, Simon (2013). Assessment in Simulations. Journal of Political Science Education.

Downloads

Publicado

2022-09-15

Como Citar

GRAZIELA DIAS TEIXEIRA; THAWANY GOMES. Projeto Politeia: a simulação como instrumento metodológico de ensino sobre o processo legislativo brasileiro: Politeia Project: simulation as a methodological tool for teaching the brazilian legislative process. Participação, [S. l.], v. 21, n. 37, p. 71–85, 2022. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/45038. Acesso em: 1 fev. 2023.