O Brasil é a segunda nação do planeta na atualidade com o maior contingente de povos oriundos dos diversos grupos étnicos do continente africano ao longo dos séculos XVI e XIX.  Fomos um dos últimos a abolir oficialmente o sistema escravista na América, apesar de sua manutenção clandestina por quase meio século. Estes fatos históricos são alguns dos reveladores das resistências e dos preconceitos que existiram com os povos africanos e seus descendentes no sistema oficial do país, que ainda se mantêm. A estatística contemporânea de sermos uma "África brasileira", nos coloca uma questão fundamental que é a invisibilidade secular das referências territorializadas de matriz africana no nosso país.

DOI: https://doi.org/10.26512/geobaobas.v6i1

Publicado: 2022-07-19