Gestos, águas e palavras na pesca amazônica

Autores

  • Carlos Emanuel Sautchuk

Palavras-chave:

pesca, técnica, Amazônia, água, ambiente

Resumo

O presente trabalho contrasta duas formas de relação com o meio hídrico no estuário do Amazonas ”“ os lagos e a costa. Argumenta-se que a abordagem sobre o ambiente não pode prescindir de um tratamento das relações técnicas, o que envia ao problema do ritmo e do tempo. Ao fim, demonstra-se como nos lagos a pesca de pirarucu envolve relações semióticas, enquanto na costa a relação das técnicas com a maré resultam numa cinética (força, resistência etc.).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

COSTA, L.T. 1996. Sedimentação holocêntrica no estuário do rio Araguari-AP. Dissertação de Mestrado, Centro de Geociências/UFPA.
EVANS-PRITCHARD, Edward E. 2007 [1937]. Os Nuer. São Paulo: Perspectiva.
GABIOUX, M. 2002. Influência da lama em suspensão sobre a propagação da maré na plataforma amazônica. Dissertação de Mestrado, UFRJ, COPPE, Rio de Janeiro.
GEISTDOERFER, P. 2002. Océanographie générale. Paris: InfoMer.
HAUDRICOURT, A-G. 1962. “Domestication des animaux, culture des plantes et traitement d’autrui”. L’Homme, v. 2, n. 1, pp. 40-50.
INGOLD, T. 2011. Being Alive: essays on movement, knowledge and description. Londres: Routledge.
LEROI-GOURHAN, A. 1991 [1965]. Le geste et la parole II - La mémoire et les rythmes. Paris: Albin Michel.
MAUSS, M. 2009. Techniques, technology and civilization. Edited and introduced by Nathan Schlanger. New York, Oxford: Durkheim Press/ Berghahn Book.
MAUSS, Marcel. 2003 [1906]. “Ensaio sobre as variações sazonais das sociedades esquimós”. In: ___. Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac & Naify.
OPEN UNIVERSITY. 2000. Waves, tides and shallow water processes. Oxford: Butterworth-Heinemann.
SANTOS, Milton. 2008 [1996]. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Editora da USP.
SAUTCHUK, Carlos E. 2007. O arpão e o anzol: técnica e pessoa no estuário do Amazonas (Vila Sucuriju, Amapá). Tese de Doutorado em Antropologia Social, Universidade de Brasília.
SILVEIRA, O. 1998. A planície costeira do Amapá: dinâmica de ambiente costeiro influenciado por grandes fontes fluviais quaternárias. Tese de Doutorado, Centro de Geociências/UFPA.
STEWARD, J. 1955. Theory of culture change. Illinois: Univ. of Illinois Press.
UEXKULL, J. von. 1982. Dos animais e dos homens (Digressões pelos seus mundos-próprios e Doutrina do Significado). Lisboa: Edição Livros do Brasil.

Downloads

Publicado

2018-02-21

Como Citar

Sautchuk, Carlos Emanuel. 2018. “Gestos, águas E Palavras Na Pesca amazônica”. Anuário Antropológico 36 (2):83-105. https://periodicos.unb.br/index.php/anuarioantropologico/article/view/6961.

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.