Entre morrer bem e morrer mal

Autores

  • Renata Weber

Palavras-chave:

Antropologia

Resumo

É no campo das investigações que buscam apreender as representações da biomedicina acerca dos processos de saúde/doença que podemos localizar o livro de Rachel Menezes.2 Fruto de sua tese de doutorado em Saúde Coletiva, defendida no Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rachel Menezes3 apresenta, no cenário de uma unidade pública de Cuidados Paliativos, as práticas e as produções discursivas pela causa da humanização do morrer. Em contraste com outras vivências e representações, a proposta dos Cuidados Paliativos (CP), nos informa a autora, aponta uma nova representação social da morte e uma outra organização social do morrer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

MENEZES, Rachel Aisengart. 2004. Em busca da boa morte: antropologia dos cuidados paliativos. Rio de Janeiro: Fiocruz e Garamond, 2004.

Downloads

Publicado

2018-02-21

Como Citar

Weber, Renata. 2018. “Entre Morrer Bem E Morrer Mal”. Anuário Antropológico 32 (1):217-28. https://periodicos.unb.br/index.php/anuarioantropologico/article/view/6953.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.