BASTOS, Rafael José de Menezes. 2013. A festa da jaguatirica: uma partitura crítico-interpretativa. Florianópolis: Editora da UFSC. 525 pp.

Autores

  • Janaína Ferreira Fernandes

Palavras-chave:

festa da jaguatirica, Yawari, povos indígenas

Resumo

Fruto da tese de doutorado de Rafael José de Menezes Bastos, A festa da jaguatirica: uma partitura crítico-interpretativa é um trabalho monumental, tanto no que se refere ao esforço empreendido no trabalho de campo quanto em relação à minúcia com que o material produzido é analisado, de modo que o resultado é um texto por vezes detalhado, por vezes surpreendente, principalmente em razão da linguagem narrativa com que o autor conduz o leitor. Dispondo-se a analisar a festa do Yawari (jaguatirica), realizada entre os índios Kamaiurá e cujos convidados à época em que o autor acompanhou os festejos eram os Matipu, Bastos fez sua pesquisa de campo em 1981, entre abril e junho, período no qual efetuou gravações fonográficas das músicas entoadas em diferentes momentos ritualísticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BASTOS, Rafael José de Menezes. 2013. A festa da jaguatirica: uma partitura crítico-interpretativa. Florianópolis: Editora da UFSC. 525 pp.

Downloads

Publicado

2018-02-16

Como Citar

Fernandes, J. F. (2018). BASTOS, Rafael José de Menezes. 2013. A festa da jaguatirica: uma partitura crítico-interpretativa. Florianópolis: Editora da UFSC. 525 pp. Anuário Antropológico, 39(2), 327–330. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/anuarioantropologico/article/view/6834