Sobre histórias, fragmentos e silêncios em narrativas engajadas

Autores

  • Vanessa Parreira Perin

DOI:

https://doi.org/10.4000/aa.7711

Palavras-chave:

Etnografia, Escrita, Engajamento, Subjetividade

Resumo

Neste ensaio procuro trazer uma discussão sobre o engajamento do pesquisador na construção de narrativas etnográficas, ressaltando o processo político implicado na elaboração de um texto. Para tanto, discuto as escolhas narrativas feitas por três autoras, Lila Abu-Lughod (1993), Veena Das (2007) e Grace Cho (2008), refletindo sobre como buscaram dar conta textualmente das diferentes escalas encarnadas em corpos, experiências cotidianas, subjetividades, narrativas e nas relações particulares dos sujeitos de grandes movimentos sociopolíticos. São trabalhos que atentam para as significações da malha de afetos que perpassam tanto a vida dos sujeitos de pesquisa quanto para aquelas que são produzidas pelo pesquisador em campo, criando narrativas engajadas no mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2021-01-06

Como Citar

Perin, V. P. (2021). Sobre histórias, fragmentos e silêncios em narrativas engajadas. Anuário Antropológico, 46(1), 298–314. https://doi.org/10.4000/aa.7711

Edição

Seção

Ensaios bibliográficos