Bolsonaro e a reorientação da política exterior brasileira

Main Article Content

Carlos Eduardo Vidigal

Resumo

A política externa brasileira sob o governo de Jair Bolsonaro tem como principal diretriz o alinhamento à política externa do governo Trump. Três aspectos foram analisados: os discursos de Bolsonaro e seus principais colaboradores; casos históricos de alinhamento do país; e a inserção dessa política no cenário regional e internacional. Concluiu-se que a política externa de Bolsonaro representa uma abdicação das tradições de autonomia e de desenvolvimento da diplomacia brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Vidigal, Carlos Eduardo. 2019. “Bolsonaro E a reorientação Da política Exterior Brasileira ”. Meridiano 47 - Journal of Global Studies 20 (dezembro). https://doi.org/10.20889/M47e20011.
Seção
Artigos

Referências

Araújo, Ernesto. “Trump e o Ocidente.” Cadernos de Política Exterior 6, (2017): 323- 357.

Bernal-Meza, Raúl. América Latina en el mundo: el pensamiento latino-americano y la teoría de relaciones internacionales. Buenos Aires: Grupo Editor Latinoamericano, 2013.

Bernal-Meza, Raúl; Quintanar, Silvia Victoria (ed). Regionalismo y orden mundial: Suramérica, Europa, China. Buenos Aires: Grupo Editor Latinoamericano, 2012.

Briceño Ruiz, Jose e Simonoff, Alejandro. Integración y cooperación regional en América Latina: una relectura a partir de la teoría de la autonomía. Buenos Aires: Editorial Biblos, 2015.

Buelvas, Eduardo Pastrana e Gehring, Hubert (ed). La proyección de China en América Latina y el Caribe. Bogotá: Editorial Pontifícia Universidad Javeriana: Fundación Konrad Adenauer, 2017.

Carvalho, Laura. Valsa brasileira: do boom ao caos econômico. São Paulo: Todavia, 2018.

Cervo, Amado Luiz e Bueno, Clodoaldo. História da política exterior do Brasil. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 2015.

Cervo, Amado Luiz. Relações internacionais da América Latina: de 1930 aos nossos dias. São Paulo: Saraiva, 2013.

Christensen, Steen Fryba, El impacto de China sobre el desarrollo de Brasil y su estrategia de desarrollo. In Bernal-Meza, Raúl; Quintanar, Silvia Victoria (ed). Regionalismo y orden mundial: Suramérica, Europa, China. Buenos Aires: Grupo Editor Latinoamericano, 2012.

Doratioto, Francisco e Vidigal, Carlos. História das relações internacionais do Brasil. São Paulo: Saraiva, 2014.

Galvão, Thiago Gehre. Uma história de parceria: as relações entre Brasil e Venezuela (1810-2012). Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.

Gullo, Marcelo. Insubordinación y desarrollo: las claves del éxito y el fracaso de las naciones. Buenos Aires: Biblos, 2012.

Hirst, Mônica. A política externa do Segundo Governo Vargas (191-1954). Rio de Janeiro: FGV, 1990.

Insulza, José Miguel. El futuro de la política exterior de los Estados Unidos y su efecto en América Latina. In Chacón, Susana; Heredia Zubieta, Carlos (coord). Estados Unidos: política interna y tendências globales. México: FCE/CIDE, 2017.

Jaguaribe, Hélio. Brasil: alternativas e saídas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

Lafer, Celso. “Brasil: dilemas e desafios da política externa.” Estudos Avançados 14 (38), (2000): 260-267.

Lessa, Antônio Carlos e Oliveira, Henrique Altemani de (org). Parcerias estratégicas do Brasil, v. 1: os significados e as experiências tradicionais. Belo Horizonte: Fino Traço, 2013.

Lins, Álvaro. Rio Branco (biografia). São Paulo: Editora Alfa-Omega, 1996.

Moneta, Carlos e Cesarín, Sergio. La tentación pragmática: China-Argentina/América Latina: lo actual, lo próximo y lo distante. Saenz Peña: Editorial Universidad Nacional Tres de Febrero, 2016.

Moura, Gerson. O alinhamento sem recompensa: a política externa do governo Dutra. Rio de Janeiro: CPDOC/FGV, 1990.

Pecequilo, Cristina Soreanu. As relações Brasil-Estados Unidos. Belo Horizonte: Fino Traço, 2013.

Russel, Roberto e Tokatlian, Juan Gabriel. “A América Latina e suas opções estratégicas frente aos Estados Unidos.” Política Externa v. 16 (3), (2008): 7-27.

Secco, Lincoln. “O partido militar”, Le Monde Diplomatique Brasil 146, (2019): 18-19.

Vizentini, Paulo Fagundes. A política externa do regime militar brasileiro. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.

Wolf, Martín. As transições e os choques: o que aprendemos – e o que ainda temos de aprender – com a crise financeira. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.