O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O autor não submeteu outro trabalho para publicação pela Revista Ser Social nos últimos 2 anos.
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB) - ARTIGO e em PDF - DOCUMENTO SUPLEMENTAR.
  • URLs para as referências foram informadas quando necessário.
  • O texto está em espaço interlinear de 1,5 cm, usa uma fonte Times New Roman tamanho 12; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, como anexos;  todas as margens com 2,5 cm.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Os documentos carta de encaminhamento, declaração de responsabilidade e transferência de direitos autorais estão assinados (por todos os autores, em caso de co-autoria), digitalizados, em formato pdf, e, juntamente com a Ficha de Identificação, em formato Word, como arquivo suplementar.

Diretrizes para Autores

Apresentação de manuscritos

O processo editorial só terá início se o encaminhamento do manuscrito obedecer às condições abaixo. Caso contrário, será devolvido para adequação às normas, inclusão de carta ou outros documentos e nova submissão.

Todo e qualquer encaminhamento à Revista deve ser realizado pela plataforma SEER-BCE. Além do manuscrito devem ser encaminhados, como documentos suplementares, a ficha de identificação do artigo, a carta de encaminhamento do/a autor/a principal, onde esteja explicitada a intenção de submissão do trabalho para publicação e declarado que o autor ou autores não submeteram o mesmo texto para outras revistas, e ainda, que não submeteram outros trabalhos para a Revista Ser Social nos últimos dois anos; e a declaração de responsabilidade e o termo de transferência de direitos autorais. Estes documentos deverão ser enviados, como arquivo suplementar, devidamente identificados e assinados por todos os autores.

- Os trabalhos poderão ser artigos científicos temáticos ou de temas livres, ensaios, entrevistas e resenhas.

- Figuras, tabelas e fotos bem nítidas, em alta definição, somente em preto e branco, deverão ser escaneadas do original, com cabeçalho (se for o caso), créditos e legendas. Se as ilustrações enviadas já tiverem sido publicadas, mencionar a fonte e apresentar a permissão para reprodução.

Os trabalhos deverão ser entregues rigorosamente revisados, conforme as normas gramaticais vigentes.

Os trabalhos devem seguir os critérios da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Durante a edição, eles serão adaptados ao projeto e formato editorial da Revista Ser Social.

Para o envio de trabalhos, é necessário:

Carta de Encaminhamento;

Declaração de Responsabilidade;

Transferência de Direitos Autorais;

Ficha de Identificação do Trabalho;

Cadastro de todos os autores no sistema, incluida a identificação Orcid, link para o curriculum na plataforma lattes (autores brasileiros), indicação da última filiação institucional; indicação da titulação máxima;

Arquivo do texto em formato word, sem identificação alguma de autoria, no texto ou nas propriedades do arquivo;

Cadastro do texto, incluindo título, resumo e palavras-chave em português, inglês e espanhol;

Referências Bibliográficas completas, conforme normas ABNT.

OBSERVAÇÃO: Os arquivos com os trabalhos devem ser submetidos na página eletrônica da Revista, sem qualquer identificação de autoria (verificar o texto e também as propriedades do documento). Os três primeiros itens (carta de encaminhamento, declaração de responsabilidade e transferência de direitos autorais) devem ser assinados (por todos os autores, em caso de co-autoria), digitalizados, e enviados em formato pdf como arquivo suplementar no momento da submissão do trabalho, juntamente com a Ficha de Identificação.

 – Deve ser utilizado o Editor Word for Windows, OpenOffice ou RTF, seguindo a configuração: fonte Times New Roman tamanho 12, papel tamanho A4espaço interlinear de 1,5 cm,  todas as margens com 2,5 cm.

Ordem de apresentação

Nome completo do(s) autor(es), formação profissional, títulos acadêmicos, cargos e nome da instituição a qual está(ão) vinculado(s), endereço profissional completo, telefone e e-mail, em arquivo separado do corpo do artigo - Ficha de Identificação.

Título e resumo no idioma do respectivo trabalho.

a) Os títulos deverão ter, no máximo, 12 palavras.

b) O resumo deverá ser informativo, com 140-150 palavras e com três a cinco palavras-chave, descritivas do foco do trabalho.

c) Título, resumo e palavras-chave em inglês.

d) Título, resumo e palavras-chave em espanhol.

 

Citações e referências (bibliografia)

– Citações, conforme a NBR-10520, de agosto de 2002, que, para a Revista Ser Social, foi assim sistematizada:

·                  As citações devem ser indicadas no texto pelo sistema de chamada autor-data.

·                  Citação de até três linhas: dentro do corpo do texto, entre aspas, fonte igual a do texto.

·                  Citação de mais de três linhas: fora do corpo do texto, fonte 11, recuada em 4 cm, ou vinte e oito toques da margem esquerda com um tipo de letra igual a utilizada no texto, sem as aspas e com espaçamento simples.

Nome do autor da obra, para os dois casos acima:

1. no corpo do texto (grafia normal para nomes próprios). Exemplo: Segundo Mota (1997, p. 87), “O conhecimento acadêmico [...]”;

2.  entre parênteses, em caixa alta. Exemplo: “O conhecimento acadêmico [...]” (MOTA, 1997, p. 87).

 

– Referências, conforme a NBR 6023, de agosto de 2002, no sistema autor-data somente dos documentos efetivamente citados no trabalho.

Para fins de sistematização da Revista, utilizar somente o  negrito como recurso tipográfico.

Exemplos de referências

– Livros  (obra completa)

SANTOS, M.B. dos. Estatuto da Cidade: uma arma contra os inimigos. São Paulo: Ed. de Direito, 2001.


– Capítulo (volume, fragmento e outras partes de uma obra com autor próprio)

SAWAIA, B. Participação social e subjetividade. In: SORRENTINO, M. Ambientalismo e participação na contemporaneidade. São Paulo: EDUC/FAPESP, 2001, p. 115-134.

– Legislação (meio eletrônico)

BRASIL. Lei 10.257, de 10 de julho de 2001. Regulamenta os artigos 182 e 183 da Constituição Federal e estabelece diretrizes gerais de política urbana e dá outras providências. Disponível em: <http://www.estatutoda cidade.com.br>. Acesso em: 12 set. 2002.

Revista

ROSEMBERG, Fúlvia. "Instrução, rendimento, discriminação racial e de gênero". Revista de Estudos Pedagógicos, v. 68, n. 159, p. 324-355, maio/ago. 1987.

– Jornais
NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de São Paulo, São Paulo, 28 jun., 1999. Folha de Turismo, Caderno 8, p.13.

Pelo título, e em meio eletrônico

ARRANJO tributário. Diário do Nordeste Online. Fortaleza, 27 nov. 1998. Disponível em: <http://www.diariodonordeste.com.br>. Acesso em: 25 ago. 1998.

– Evento

         Trabalhos apresentados em eventos científicos: SOBRENOME DA/O AUTORA/OR DO TRABALHO, Prenomes. "Título do trabalho". In: NOME DO EVENTO, Número da edição do evento, Cidade onde se realizou o evento. Anais... (ou Proceedings... ou Resumos...) Local de publicação: Editora, Ano de publicação. Páginas inicial e final do trabalho.

Exemplo:
PRADO, Danda. "Maternidade: opção ou fatalidade?" In: SEMINÁRIO SOBRE DIREITOS DA REPRODUÇÃO HUMANA, 1., 1985, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ALERJ/Comissão Especial dos Direitos da Reprodução, 1985. p. 26-29.

 

Tipos de Textos

Editorial: responsabilidade do(s) editor(es). Este texto deve ter, no máximo, 3.500 caracteres.

Debate: encomendado pelos editores, trata-se de artigo teórico pertinente ao tema central da revista, que receberá críticas/comentários assinados de até seis especialistas, também convidados, e terá uma réplica do autor principal. O artigo deve ter, no máximo, 40.000 caracteres; os textos dos debatedores e a réplica, máximo de 10.000 caracteres cada um. 

Ensaios: encomendados pelos editores, apresentam matéria de caráter opinativo e/ou análise que possam contribuir para a reflexão e o aprofundamento de questões relacionadas ao tema desenvolvido na edição, com, no máximo, 30.000 caracteres.

Entrevista: entrevistas com pesquisadores(as) de referência no campo, encomendadas pelos editores com, no máximo, 20.000 caracteres.

Artigos Temáticos: revisão crítica ou resultado de pesquisas de natureza empírica ou conceitual, sobre o assunto em pauta no número temático. Os textos de pesquisa não deverão ultrapassar os 40.000 caracteres.

Artigos de Temas Livres: não incluídos no conteúdo focal da revista, mas voltados para pesquisas, análises e avaliações de tendências teórico-metodológicas e conceituais da área ou das subáreas, com até 40.000 caracteres. Os números máximos de caracteres são os mesmos dos artigos temáticos.

Os artigos temáticos e os artigos de temas livres podem ser resultados de:

· Pesquisas teóricas: apresentam temas mais abrangentes, discutem questões, analisam hipóteses e questionam os paradigmas vigentes; podem formular novas hipóteses e novos caminhos de pesquisa. Deverão conter introdução, desenvolvimento e conclusão.

·  Pesquisas aplicadas: textos originais de Relatos de Pesquisa. São contribuições destinadas a divulgar resultados inéditos de pesquisas de natureza empírica, experimental, constituindo trabalhos completos, contendo informações relevantes que possam ser repetidas ou avaliadas em seus resultados e conclusões. Devem apresentar a seguinte ordem: introdução, método (sujeitos, material, procedimentos) resultados e discussão.

Resenhas: análise crítica de livro relacionado ao campo temático da revista, publicado nos últimos dois anos, com, no máximo, 10.000 caracteres. Os autores devem encaminhar, como documento sumplementar, uma reprodução de alta definição da capa do livro resenhado.

Resumos de teses/Dissertações: Defendidas no Programa de Pós Graduação em Política Social da UnB no período contendo até 5.000 caracteres.

A contagem dos caracteres inclui espaços, desenhos, figuras, tabelas, fotos e referências (se forem utilizadas fotos com pessoas, mesmo não identificadas, devem vir acompanhadas da permissão por escrito das pessoas fotografadas e da cessão de direitos autorais do autor da fotografia; para utilização de fotos de populações em situação de vulnerabilidade deve ser respeitada ainda a legislação vigente).

PROCESSO DE AVALIAÇÃO PELOS PARES 

Os trabalhos submetidos serão analisados por pares especialistas no tema, membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc, os quais arbitrarão sobre a conveniência, ou não, de sua aceitação e poderão sugerir ao(s) autor(es) reformulações ou adaptações às normas editoriais. Em caso de decisão divergente entre os dois pareceres, a decisão final sobre a publicação dos trabalhos recebidos será da Comissão Editorial, com base no programa editorial da revista e dos pareceres emitidos. A Comissão Editorial assegura o anonimato para o(s) autor(es) no processo de avaliação, como também assegura aos avaliadores o sigilo de sua participação, permitindo liberdade para julgamentos e avaliações.

Os autores devem informar a existência de conflitos de interesses (financeiros ou de outra ordem) que possam ter influenciado o seu trabalho. Portanto, precisam registrar no manuscrito todo o apoio institucional recebido e outras colaborações (financeiras ou pessoais) relacionadas ao estudo e/ou pesquisa realizados. O parecerista, por sua vez, deve comunicar à Comissão Editorial quaisquer conflitos de interesses que, em sua opinião, possam influir na sua avaliação sobre o manuscrito (caso o identifique) e, quando couber, deve declarar-se impedido de analisá-lo. Se os autores ou os pareceristas tiverem dúvida sobre o que pode constituir um potencial conflito de interesses, devem entrar em contato com a Comissão Editorial.

Durante o período de avaliação o/a(s) autor/a (es/s), não poderá/ão submeter seu texto a outro periódico. O processo de análise se estende em média, por seis meses. Durante a análise serão verificados rigor, clareza e precisão quanto à produção científica, à redação, ao conteúdo e à probidade ético-teórica. As eventuais modificações de estrutura e conteúdo serão acordadas com o(s) autor(es). Não serão admitidos acréscimos ou alterações ao texto, após sua avaliação e aceitação final.

Artigos indicados para publicação, não contemplados dentre os que integram o número em edição, integrarão o banco de trabalhos da revista, por um período de dois anos, desde que haja concordância explícita do/a(s) autor/a(es/s).

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.