Chamada para o Dossiê Temático “Somática da Voz” - Revista Voz e Cena (jun/2024)

12-01-2024

A revista Voz e Cena recebe artigos para o Dossiê Temático “Somática da Voz” até 15 de abril de 2024 para compor o volume 5, número 1, de 2024 (jan-jun).

O termo Somática (Somatics) é um neologismo criado pelo estadunidense Thomas Hanna nos anos 1970 para designar práticas corporais não convencionais preocupadas com a integração de múltiplas dimensões da existência: corporal, mental, emocional, energética e espiritual. A empreitada de Hanna visava nomear um possível novo campo de conhecimento agrupando diferentes sistemas, métodos e técnicas preocupados com a saúde e a expressão, moduladas pela mudança de hábitos nocivos, repadronização e reconfiguração postural e expressiva, além da noção holística vivencial de corpo como totalidade.

A Somática na atualidade pode ser compreendida como um campo contemporâneo de conhecimentos que se ocupa de um paradigma próprio, advindo de experiências de corpos vivos em inter-relação com fatores biológicos, psicológicos, sociais, ambientais e contracoloniais, em movimentos e práxis que vêm sendo desenvolvidos na pesquisa acadêmica por 50 anos, pelo menos. De vocação transdisciplinar, isto é, afeita à complexidade, à diversidade e à multidimensionalidade, a Somática vai além dos métodos, sistemas e técnicas estabelecidos no mundo euro americano a partir da virada do século XIX. Reconhecendo sua origem branca e europeia, percebe-se um deslocamento da Somática na atualidade, na contramão de modelos fechados, dualistas, homogêneos, unívocos, capacitistas, racializantes e classistas, num caminho contracolonial. De fato, este tem sido o movimento de diversas iniciativas de pesquisas no sul global, por exemplo.

Um dos problemas dos usos e abusos do termo Somática atualmente é sua apropriação indiscriminada para nomear quaisquer tipos de práticas corporais, mesmo que não estejam conectadas com as pedagogias, metodologias e técnicas somáticas. O termo passou a ser usado nas artes do corpo e nas práticas alternativas de saúde para nomear tudo o que se refere ao corpo, geralmente o corpo físico. Fato que, se observado somente dessa dimensão unívoca, retira a Somática do seu terreno de ação total, que considera a integração dos diferentes níveis de corpos para novos acontecimentos de ação no mundo.

A voz é acontecimento potencial dos somas humanos e tem sido tema de debates e tensionamentos de pesquisas nas Artes Cênicas com mais ênfase nas duas últimas décadas envolvendo práticas somáticas. Pessoas que desenvolveram sistemas somáticos no último século, como Bonnie Bainbridge Cohen, Moshé Feldenkrais e Frederick Matthias Alexander, por exemplo, ampliaram as práticas vocais a partir de suas propostas somáticas, integrando arte, saúde, filosofia e educação. Ainda, a experiência ancestral de integração holística total de movimento e voz de povos nativos e seus modos de vida têm sido inspiração de diversos praticantes somáticos e artistas da cena. Tais povos, em confluência, têm se articulado em pesquisa e criação artística para estabelecer a existência de outros modos de estar no mundo a partir de saberes contracoloniais.

Considerando a urgência das perspectivas somáticas da voz no atual contexto de pesquisas, pedagogias e práticas, este dossiê receberá trabalhos envolvendo, mas não limitados, aos seguintes temas.

  • A presença da voz nas pedagogias, metodologias e técnicas somáticas;
  • Voz e Somática em processos das Artes Cênicas;
  • Voz dançada e dança vocal;
  • Práticas contracoloniais de experiências vocais e somáticas;
  • Sistemas somáticos e práticas vocais;
  • Performance e performatividade em associações entre Somática e voz;
  • Prática como Pesquisa a partir de técnicas e explorações somáticas vocais;
  • Criação e composição coreográfica e cênica a partir da integração entre Somática e voz;
  • Abordagens vocais transculturais em diálogo com práticas somáticas.

Comitê Editorial deste Dossiê Temático é formado por:

Ciane Fernandes, Universidade Federal da Bahia (UFBA).
Diego Pizarro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB) - Campus Brasília.
Sulian Vieira Pacheco, Universidade de Brasília (UnB).