Enfrentamento dos fatores de risco em usuários hipertensos de uma unidade de saúde da família de Feira de Santana, Bahia

Autores

  • Kele Cristina Santos Barbosa
  • Laise Oliveira Santos
  • Suzi Almeida Vasconcelos Barboni

Palavras-chave:

Hipertensão, Fatores de risco, Educação em saúde

Resumo

Objetivando conhecer a ocorrência de fatores de risco em hipertensos acompanhados por uma Unidade de Saúde da Família de Feira de Santana, Bahia e demonstrar a importância do trabalho da equipe da USF no diagnóstico da hipertensão arterial, no controle dos fatores de risco e na educação em saúde, este estudo foi iniciado. Realizou-se um  estudo exploratório-descritivo, qualitativo, utilizando-se as fichas de cadastro do hipertenso e do diabético do Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus (HIPERDIA) (2010-2011). Verificou-se que dos 214 hipertensos acompanhados pela USF, 155 são mulheres (72,43%), 59 são homens (27,57%), estando a amostra concentrada na faixa etária entre 60 e 69 anos (35,51%), de cor parda (42,06%), casados (69,16%) e com ensino fundamental incompleto (33,64%). Os fatores de risco com maior ocorrência foram o antecedente cardiovascular, com 61 casos (39,35%) nas mulheres, o tabagismo com 20 casos (33,90%) nos homens e o sedentarismo com 74 casos (47,74%) nas mulheres.  Estes resultados reforçam a necessidade de atividades educativas  sobre mudança de hábitos, bem como o compromisso com o tratamento. No entanto, as  atividades educativas intensamente realizadas com estes usuários obteveram baixa participação, prejudicando o controle dos fatores de risco nestes indivíduos.

Descritores: Hipertensão, Fatores de risco, Educação em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-08-2017

Como Citar

1.
Santos Barbosa KC, Santos LO, Vasconcelos Barboni SA. Enfrentamento dos fatores de risco em usuários hipertensos de uma unidade de saúde da família de Feira de Santana, Bahia. Rev. G&S [Internet]. 17º de agosto de 2017 [citado 2º de março de 2024];4(4):pag. 1380-1398. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/362

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa