Fatores dificultadores e facilitadores que os profissionais de enfermagem enfrentam relacionados ao uso dos EPI’S

Autores

  • Ezequiel Chaves Rondon

Palavras-chave:

Enfermagem do trabalho, Saúde do trabalhador, Riscos ocupacionais

Resumo

Este artigo procurou identificar os fatores facilitadores e dificultadores referentes ao uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), fatores estes que interferem de forma positiva ou negativa na atuação do profissional. A enfermagem é responsável pelo maior contingente da força de trabalho dos estabelecimentos hospitalares, com responsabilidade pela assistência e gestão nas 24 horas. Por sua vez, estão expostos aos mais diversos agentes físicos ambientais, químicos e biológicos e também às doenças do trabalho. Trata-se de pesquisa de campo de caráter quantitativo. Os sujeitos foram 36 profissionais de enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares) que estão envolvidos na assistência. De acordo com o estudo em questão, os participantes desconhecem a Norma Regulamentadora n° 32 e conhecem sobre o principal objetivo do uso de EPI, mas na prática diária deixam de fazer seu uso adequado, colocando justificativas pouco convincentes para o não-uso, 56% afirmam que já encontraram alguma dificuldade em fazer o uso de EPI. As maiores dificuldades estão relacionadas ao uso de esparadrapo com luva de procedimento e em situações emergenciais. 83% dos entrevistados afirmam que em algum momento da vivência profissional deixaram de fazer uso adequado dos EPI. 71% dos profissionais afirmam que já sofreram algum acidente de trabalho, destes 90% foram por perfurocortantes, 49% justificam a falta de atenção como motivo para os acidentes. Conclui-se que o conhecimento dos profissionais sobre este assunto é deficiente. Faz-se necessário um treinamento contínuo da equipe de Enfermagem desde a formação até a vida profissional, para que seu trabalho seja executado com excelência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ezequiel Chaves Rondon

Graduação em Enfermagem Bacharelado pela Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires (FACESA), pós-graduação em Enfermagem do Trabalho e Especialização em Informática em Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Downloads

Publicado

28-07-2017

Como Citar

1.
Rondon EC. Fatores dificultadores e facilitadores que os profissionais de enfermagem enfrentam relacionados ao uso dos EPI’S. Rev. G&S [Internet]. 28º de julho de 2017 [citado 27º de julho de 2021];3(3):767-82. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/138

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa