Análise da continuidade do cuidado das equipes de saúde bucal no município de Resende/RJ

Autores

  • Sylvio da Costa Junior Ministério da Saúde

Palavras-chave:

Política de Saúde

Resumo

O presente artigo é um estudo qualitativo, de base quantitativa, no Município de Resende, no estado do Rio de Janeiro, que tem como objetivo avaliar a integralidade da assistência e continuidade do cuidado das Equipes de Saúde Bucal (ESB) do Programa de Saúde da Família (PSF) no tocante ao câncer de boca. O objetivo do estudo é a análise técnica e operacional das condições de diagnóstico precoce e da continuidade da assistência dos pacientes referenciados nas respectivas ESB. O roteiro de entrevista semi-estruturado foi a base de coleta dos dados primários. Foi avaliado que para aperfeiçoamento nos processos de ampliação da rede de saúde e da continuidade do cuidado é importante as Equipes de Saúde da Família/Equipes de Saúde Bucal, ampliarem a oferta de serviços de saúde aos usuários do sistema cadastrados no território do PSF. A ampliação de serviços de saúde pela Atenção Primária, e, consequentemente, o aumento da resolutividade, evitando transtornos adicionais aos pacientes e dando mais agilidade ao diagnóstico, pode, efetivamente, contribuir para a qualidade na sobrevida dos pacientes com diagnóstico positivo de câncer oral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sylvio da Costa Junior, Ministério da Saúde

Sylvio da Costa Júnior, odontólogo, especialista em Odontologia do Trabalho e especialista e Mestre em Saúde da Família com a Dissertação de Mestrado sob o título Diagnóstico e Continuidade do Cuidado do Câncer Bucal em pacientes acompanhados pelas Equipes de Saúde Bucal do Programa de Saúde da Família: a experiência do município de Resende, no Estado do Rio de Janeiro , ano de obtenção em 2011, onde a partir da análise da estrutura da rede de saúde das Equipes de Saúde Família se discute toda a rede de saúde do Município. A Dissertação foi orientada pelo Prof. Dr. (Instituto de Medicina Social/UERJ) Carlos Gonçalves Serra. Possuo vários curso de curta duração na área de saúde para aperfeiçoamento, através de educação continuada. Vasta experiência profissional na área de Políticas Públicas de Saúde. Trabalhei no Programa de Saúde da Família nas prefeituras de Resende e Nova Friburgo, ambas no estado do Rio de Janeiro e na prefeitura de Planaltina de Goiás, no estado de Goiás. Possuo experiência na análise, planejamento e execução de projetos de políticas públicas, que me levaram à trabalhar como consultor técnico na UNESCO e OPAS/OMS, cedido ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e Conselho Nacional de Saúde/Ministério da Saúde, respectivamente. Atualmente sou servidor público federal, trabalhando na estrutura do Ministério da Saúde, com políticas de atenção básica à saúde. Premiado em duas oportunidades em congressos de caráter nacional e internacional (2010: PRÊMIO pela 3º colocação na categoria "Painel/Apresentação Oral", Universidade de Brasília; 2009: MENÇÃO HONROSA, XIII Congresso Internacional de Odontologia do Distrito Federal ABO) com trabalhos que abordavam os temas pertinentes às políticas de saúde. Como produção bibliográfica, 6 artigos científicos publicados em revista indexada internacionalmente Qualis B, 1 livro, 18 trabalhos apresentados em congressos, membro do comitê de relatoria da 14º Conferência Nacional de Saúde, organizador do Relatório Consolidado da 14º Conferência Nacional de Saúde e organizador do Seminário Nacional sobre Serviço Civil e Demandas Judiciais no Âmbito do SUS, realizado em 2011.

Publicado

2017-07-28

Como Citar

1.
da Costa Junior S. Análise da continuidade do cuidado das equipes de saúde bucal no município de Resende/RJ. Rev. G&S [Internet]. 28º de julho de 2017 [citado 8º de março de 2021];3(3):617-40. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/129

Edição

Seção

Artigos Originais