Auditoria em odontologia:

possibilidades de atuação na atenção primária à saúde

Autores

  • Fábio Solon Tajra Departamento Municipal de Auditoria do SUS / Secretaria da Saúde e Ação Social / Prefeitura Municipal de Sobral
  • Geison Vasconcelos Lira Departamento Municipal de Auditoria do SUS / Secretaria da Saúde e Ação Social / Prefeitura Municipal de Sobral
  • Angelo Brito Rodrigues Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral, Ceará

Palavras-chave:

Gestão

Resumo

O trabalho de auditoria em saúde tem ganhado destaque a partir dinâmica adquirida pela Nova Saúde Pública no país. A Constituição de 1988, a implementação de bases políticas normativas, o Pacto pela Saúde de 2006 e o Decreto 7.508 de 2011, por exemplo, bem como o caráter pedagógico que a auditoria incorporou nos últimos anos contribuíram para o seu fortalecimento como ferramenta de gestão pública. Em se tratando de fundamentação técnica, foram identificados muitos avanços. Contudo, no que diz respeito à produção científica da auditoria aplicada à saúde, há ainda um campo amplo a ser explorado. Este artigo se propõe a discutir acerca da conceituação e aplicação da ferramenta auditoria no contexto da prática odontológica na Atenção Primária à Saúde, destacando as possibilidades de atuação, dificuldades do processo e os atributos necessários do auditor para o bom desempenho da função. Apresenta, ainda, a auditoria em odontologia como ferramenta de gestão da qualidade, baseada em normas e conceitos ético-jurídicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Solon Tajra, Departamento Municipal de Auditoria do SUS / Secretaria da Saúde e Ação Social / Prefeitura Municipal de Sobral

Mestre em biotecnologia pela Universidade Federal do Ceará - Campus Sobral;Especialista em Saúde da Família pela Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia em Sobral, Ceará;Especialista em Auditoria em Sistemas e Serviços de Saúde pela Associação Brasileira de Odontologia - Secção Ceará em Fortaleza;Especialista em Gestão em Serviços de Saúde pela Escola de Saúde Pública do Ceará em Fortaleza.

Geison Vasconcelos Lira, Departamento Municipal de Auditoria do SUS / Secretaria da Saúde e Ação Social / Prefeitura Municipal de Sobral

Graduado em medicina pela Universidade Federal do Ceará desde 1996, com Mestrado em Educação em Saúde pela Universidade de Fortaleza (2003) e Doutorado em Educação pela UFC (2010). Professor assistente do curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará ”“ Campus Sobral, desenvolvendo pesquisa na temática de avaliação curricular em Educação Médica. Coordenador do Mestrado em Saúde da Família da Universidade Federal do Ceará ”“ Campus Sobral.

Angelo Brito Rodrigues, Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral, Ceará

Graduado em enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú desde 2007. Mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará (2010). Colaborador do LABSUS da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Coordenador da especialização em Saúde da Família da Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia. Bolsista- Ministério da Saúde da Escola de Formação em Saúde da Família Visconde de Sabóia. Professor Substituto do curso de enfermagem da Universidade Estadual Vale do Acaraú.

Downloads

Publicado

28-07-2017

Como Citar

1.
Tajra FS, Lira GV, Rodrigues AB. Auditoria em odontologia:: possibilidades de atuação na atenção primária à saúde. Rev. G&S [Internet]. 28º de julho de 2017 [citado 27º de julho de 2021];3(3):602-16. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/128

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)