Ações Afirmativas e posicionalidades:

de quem é essa luta?

Autores

  • Wanderson Flor do Nascimento

Palavras-chave:

Negras Antropologias, Raça, Posicionalidade, Autodeclaração

Resumo

Esta conferência foi proferida pelo lósofo negro Wanderson or do nascimento no V Negras Antropologias, evento organizado pelo Coletivo Zora Hurston. A destacar o contexto de véspera do ano de revisão da lei federal que instituiu a política de cotas no Brasil, Wanderson chama atenção para o fato de que este processo de revisão se dará sob um governo que sempre se mostrou contrário às políticas de ações armativas. Resgatando os diferentes momentos históricos em que as discussões acerca das políticas de ações armativas foram mobilizadas pelo debate racial no Brasil, também recorda os impactos do discurso acerca de uma suposta democracia racial e como há uma atualização do racismo e do próprio discurso na operacionalização de uma luta contrária às cotas. Ainda, chama a atenção para os dados que indicam uma maioria de estudantes negros e negras nas universidades públicas estarem sendo forjados por fraudes e aponta para importância da luta histórica do Movimento Negro pela autodeclaração, mas também alerta para o fato de que esta, sozinha, pode representar um risco para as próprias ações armativas. Todo esse contexto pode gerar a falsa impressão de que as cotas já cumpriram o seu papel e por isso já podem ser superadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12/16/2022

Como Citar

FLOR DO NASCIMENTO, Wanderson. Ações Afirmativas e posicionalidades:: de quem é essa luta?. Pós - Revista Brasiliense de Pós-Graduação em Ciências Sociais, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 22–29, 2022. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/revistapos/article/view/46196. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Caderno Virgínia Bicudo