Compras Sustentáveis. Esplanada dos Ministérios. Desenvolvimento Sustentável

Autores

  • Fernanda da Rosa Becker Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Palavras-chave:

Compras Sustentáveis. Esplanada dos Ministérios. Desenvolvimento Sustentável.

Resumo

O presente trabalho tem por foco os processos de compra realizados de 2012 a 2016 pelos Mi-nistérios integrantes da Esplanada dos Ministérios. Um grande volume de dados é coletado por meio dos sites Comprasnet e Painel de Compras do Governo Federal. No entanto, pouco uso é feito dessas informações. Essa é a principal contribuição do presente trabalho: analisar a informação produzida de modo a evidenciar como as compras públicas têm sido (sub)utilizadas como instrumento de promoção do desenvolvimento sustentável. Verifica-se que a maior parte das compras com itens sustentáveis é referente a material de expediente (63%) e material de limpeza (14%). Há desconhecimento em vários níveis da possibilidade de itens sustentáveis a serem comprados, desde a existência do produto em si até a forma de es-pecificar o pedido no edital, muitas vezes considerando análises de custo com base no valor presente e não no ciclo de vida. Dessa forma, são feitas recomendações para investimento em educação dos servidores para o desenvolvimento sustentável, divulgação de certificações/ eco etiquetas e de boas práticas para além do já realizado pelas escolas de governo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fernanda da Rosa Becker, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Pesquisadora do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ”“ INEP
Brasília, Distrito Federal, Brasil

Referências

AGU. Manual Implementando Licitações Sustentáveis. 2013 Disponível em: http://www.agu.gov.br/page/download/index/id/28095669 Acesso em 4 maio 2017

BIDERMAN, R. et al (orgs). Guia de compras públicas sustentáveis: Uso do poder de compra do governo para a promoção do desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2008.

BRASIL. Decreto-Lei 7.746/2012. Disponível em: . Acesso:

BRASIL. Lei 8.666/1993. Disponível em: Acesso em 19 abr.2017

BRUNTLAND, G. (editor). Our Commom Future: the World Comission on Environment and development. Oxford University Press 1987

CADER, R E BARKI, T. Compras Públicas Compartilhadas: a Prática das Licitações Susten-táveis. In: Revista do Serviço Público Brasília 63 (2): 157-175 abr/jun 2012

DE VRIES, H. J; BAYRAMOGLU, D. K.; VAN DER WIELE, T. Business and environ-mental impact of ISO 14001. Int. Journal Quality & Reliability Manag., v. 29, n. 4, p.425 ”“ 435, 2012.

ELETROBRÁS. Manual para Etiquetagem de Edificações Públicas. 2014. Disponível em: http://189.9.150.57/assets/conteudo/midias/manualetiquetedificpublicas20141010.pdf Acesso em 4 de maio de 2017

MOURA, A. As compras públicas sustentáveis e sua evolução no Brasil. In: Boletim Regional Urbano e Ambiental IPEA n.7 pág 23-34 jan-jun 2013

OCDE. Towards Green Growth. 2011. Disponível em: . Acesso em 19 abr.2017

ONU. Transformando o Mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 2016 Disponível em: . Acesso em 19 abr.2017

SEBRAE. O que é um produto sustentável? 2015. Disponível em: . Acesso em 19/04/2017

SELA. Las compras públicas como herramientas de desarollo en América Latina Y el Caribe. 2014 . Disponível em:. Acesso em 18 mar.2017

SOUZA, M. E OLIVERO, S. Compras Públicas Sustentáveis: um Estudo da Incorporação de Critérios Socioambientais nas Licitações do Governo do Estado de São Paulo. IN: Anais do XXXIV Encontro da Anpad. Rio de Janeiro 2010

SOUZA, W. et all. O Poder de Compra em prol do Desenvolvimento Regional: as Micro e Pequena Empresas nas Compras Governamentais de Minas Gerais. 2015. Disponível em: . Acesso em 19 abr.2017

Downloads

Publicado

2018-12-28

Como Citar

BECKER, F. da R. Compras Sustentáveis. Esplanada dos Ministérios. Desenvolvimento Sustentável. Revista em Gestão, Inovação e Sustentabilidade, [S. l.], v. 4, n. 1, 2018. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/regis/article/view/21167. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos