KIERKEGAARD: UM PROJETO FILOSÓFICO-RELIGIOSO ENTRE A ANGÚSTIA E O PARADOXO

Autores

Palavras-chave:

Angústia, Liberdade, Instante, Paradoxo, Tornar-se si mesmo

Resumo

A hipótese inicial do presente trabalho é que O conceito de angústia (1844) e Migalhas filosóficas (1844), escritas, respectivamente, por Vigilius Haufniensis e Johannes Clímacus, ambos pseudônimos de Søren Kierkegaard, dão uma coesa expressão de seu projeto filosófico-religioso, pois nelas se encontra o eixo central daquilo que ele chama “tornar-se si mesmo”. Assim, buscaremos demonstrar porque tais obras são essa coesa expressão tanto quanto em que sentido é possível afirmar um projeto filosófico-religioso no pensamento de Kierkegaard. Para tanto, antes de tecermos quaisquer considerações a respeito do projeto filosófico-religioso, será preciso compreender quatro termos abordados pelas obras aqui consideradas – de O conceito de angústia, os de liberdade e angústia, já de Migalhas filosóficas, os de instante e paradoxo – com vistas a justificar por que a pretensão de tal projeto não é elaborar um sistema lógico-objetivo, mas constituir-se a partir de uma subjetividade, o que, por fim, nos levará à conclusão de que, para Kierkegaard, o “tornar-se si mesmo” coincide com o “tornar-se cristão”, logo, com o “tornar-se livre”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luís Gabriel Provinciatto, Universidade Federal de Juiz de Fora / Universidade de Évora

Doutorando em Filosofia pela Universidade de Évora e em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora com bolsa de financiamento CAPES. Mestre em Ciências da Religião e licenciado em Filosofia, ambos pela PUC-Campinas.

Presley Henrique Martins, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutorando em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora com bolsa de financiamento CAPES. Mestre em Ciências da Religião e licenciado em Filosofia, ambos pela PUC-Campinas.

Referências

BLANC, Charles Le. Kierkegaard. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

CAMPOS, Fabiano. O conceito de angústia como reflexão filosófica sobre a liberdade humana. Sapere Aude, Belo Horizonte, v. 8, n. 15, jan.-jun., 2017, p. 187-210. DOI: https://doi.org/10.5752/P.2177-6342.2017v8n15p187. Acesso em: 21 junho 2021.

COLETTE, Jacques. O diante de Deus segundo Kierkegaard: buscar e crer. In: LANGLOIS, Luc; ZARKA, Yves Charles (orgs.). Os filósofos e a questão de Deus. São Paulo: Loyola, 2009, p. 257-273.

GARDINER, Patrick. Kierkegaard. São Paulo: Loyola, 2001.

GILES, Thomas Ransom. História do existencialismo e da fenomenologia. São Paulo: EPU, 1989.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. La enfermedad mortal. Trad.: Demetrio Gutiérrez Rivero. Madri: Trotta, 2008.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. Migalhas filosóficas ou um bocadinho de filosofia de João Clímacus. Trad.: Ernani Reichmann e Álvaro Valls. Petrópolis: Vozes, 2011.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. O conceito de angústia: uma simples reflexão psicológico-demonstrativa direcionada ao problema dogmático do pecado hereditário. Trad.: Álvaro Luiz Montenegro Valls. Petrópolis: Vozes, 2013a.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. O instante n.º 1. Revista de filosofia moderna e contemporânea, Trad.: Álvaro Luiz Montenegro Valls e Marcio Gimenes de Paula. Brasília, n. 1, 2013b, p. 155-169. DOI: https://doi.org/10.26512/rfmc.v1i1.11886. Acesso em: 21 junho 2021.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. Philosophical Fragments. Edited and Translated: Howard V. Hong and Edna H. Hong. New Jersey: Princeton University Press, 1985.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. Pós-escrito às Migalhas filosóficas, v. 1. Trad.: Álvaro Luiz Montenegro Valls e Marília Murta de Almeida. Petrópolis: Vozes, 2013c.

KIERKEGAARD, Søren Aabye. Temor e tremor. Trad.: Torrieri Guimarães. São Paulo: Livraria Exposição do Livro, 1964.

LESSING, Gotthold Ephraim. Philosophical and Theological Writings. New York: Cambridge University Press, 2005.

NICOLETTI, Michele. O Cristo: mediador, paradoxo e modelo. In: ZUCAL, Silvano. Cristo na filosofia contemporânea, v. I: de Kant a Nietzsche. Trad.: José Raimundo Vidigal. São Paulo: Paulus, 2003, p. 305-333.

ROOS, Jonas. Kierkegaard e a antropologia entre a angústia e o desespero. La mirada kierkegaardiana, n. 1, 2009, p. 68-78. Disponível em: chrome-extension://oemmndcbldboiebfnladdacbdfmadadm/http://lamiradakierkegaardiana.hiin-enkelte.info/wp-content/uploads/2018/02/jonasroos.pdf. Acesso em: 21 junho 2021.

ROOS, Jonas. Religião e estilo literário na obra de Kierkegaard. In: SPERBER, Suzi. (Org.). Presença do sagrado na literatura: questões teóricas e de hermenêutica. Campinas: PUBLIEL, v. 4, 2011, p. 55-65.

ROOS, Jonas. Religião, temporalidade e corporeidade em Kierkegaard. Numem, Juiz de Fora, v. 17, n. 1, 2014, p. 347-364. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/numen/article/download/21956/11963. Acesso em: 21 junho 2021.

SOUZA, Humberto Araújo Quaglio de. Fenomenologia da experiência religiosa em Kierkegaard e Rudolf Otto. São Paulo: LiberArs, 2014.

SOUZA, Humberto Araújo Quaglio de. Migalhas Filosóficas: um espelho dialético. Ítaca, Rio de Janeiro, n. 30, 2016, p. 77-89. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/Itaca/article/view/10083. Acesso em: 21 junho 2021.

STEWART, Jon. Kierkegaard’s Relations to Hegel Reconsidered. New York: Cambridge University Press, 2003b.

STEWART, Jon. Soren Kierkegaard: subjetividade, ironia e a crise da modernidade. Petrópolis: Vozes, 2017.

STEWART. Jon. Kierkegaard and Hegelianism. In: STEWART, Jon (ed.). Kierkegaard and His Contemporaries: The Culture of Golden Age Denmark. Berlin; New York: De Gruyter, 2003a.

VALLS, Álvaro Luiz Montenegro. Apresentação. In: KIERKEGAARD, Søren Aabye. Migalhas filosóficas ou um bocadinho de filosofia de João Clímacus. Petrópolis: Vozes, 2011, p. 9-18.

VALLS, Álvaro Luiz Montenegro. Entre Sócrates e Cristo: ensaio sobre a ironia e o amor em Kierkegaard. Porto Alegre: Edipucrs, 2000.

Downloads

Publicado

2022-06-02

Como Citar

Provinciatto, L. G., & Martins, P. H. (2022). KIERKEGAARD: UM PROJETO FILOSÓFICO-RELIGIOSO ENTRE A ANGÚSTIA E O PARADOXO. Revista Brasileira De Filosofia Da Religião, 8(1), 185–222. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/rbfr/article/view/38690

Edição

Seção

Dossiê Kierkegaard e a Filosofia da Religião