A ANIQUILAÇÃO DA ALMA NO "ESPELHO DAS ALMAS SIMPLES E NADIFICADAS" DE MARGUERITE PORETE

Autores

  • Sarah dos Santos Universidade Federal de São Paulo

Palavras-chave:

Neoplatonismo, Marguerite Porete, Deus, apófase da alma, união

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar a ideia de aniquilação da alma na obra O espelho das almas simples da filósofa Marguerite Porete, tendo como centro a relação de amor entre Deus e o ser humano exposta a partir de uma perspectiva feminina. A sua obra representa um itinerário para a realização da união da alma com Deus decorrente do despojamento de si, isto é, a partir da apófase da alma. Todavia, Deus é exposto como agente desta aniquilação e união, o que nos leva a questionar a validade da participação do ser humano em sua jornada de aniquilação. Sabendo que Deus é o agente, qual é a função dos esforços humanos? O presente artigo pretende analisar a questão da aniquilação da alma e os argumentos expostos pela filósofa para preservar a validade das ações humanas ao mesmo tempo em que considera Deus o agente da aniquilação e da união.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

PORETE, Marguerite, Le Mirouer des simples âmes anéanties.Romana Guarnieri &Paul Verdeyen (eds), Corpus Chistianorum, Continuatio Medievalis LXIX. Turnholt: Brepols, 1986

PORETE, Marguerite, O espelho das almas simples, Rio de Janeiro: Vozes, 2008

ABRÃO, Bernadette, História da Filosofia, São Paulo: Nova cultural, col. Os pensadores, 1999.

AGOSTINHO, Santo, A trindade, São Paulo: Paulus, 1994.

ALANIZ, Nicolas Moreira, La obra de Margarita Porete y el movimento beguinal. Revista Brasileira de Filosofia da Religião, Brasília, v.6, n.2, 2019

BEZERRA, Cícero, Compreender Plotino e Proclo, Rio de Janeiro: Vozes, 2006.

CAVALEIRO DE MACEDO, Cecilia, Metafísica, mística e linguagem na obra de Schlomo Ibn Gabirol (Avicebron), São Paulo: 2006.

COSTA, Marcos, COSTA, Rafael, Mulheres intelectuais na Idade Média, Porto Alegre: Fi, 2019.

COURCELLES, Dominique, Marguerite Porete, une mystique de feu, Revue Lumière & vie, n.297, 2013.

DIONÃSIO, O Pseudo Areopagita. Teologia Mística, Porto: Fundação Eng.António de Almeida, 1996.

FALBEL, Nachman, As Heresias dos séculos XII e XIII, São Paulo: Perspectiva, 1976.

LECLERCQ, J. e Outros. La spiritualité du Moyen Age. Paris, Aubier, 1961.

MARIANI, Ceci, Marguerite Porete, teóloga do século XIII, São Paulo: 2008.

MCGINN, Bernard, O florescimento da mística, São Paulo: Paulus, 2017

NOGUEIRA, Maria, A escrita feminina medieval: mística, paixão e transgressão, Paraíba: Projeto PIBIC/UEPB, 2013

NOGUEIRA, Maria, Negação e aniquilação em Marguerite Porete e Mestre Eckhart. Revista Princípios, n.37, 2015

RASCHIETTI, Matteo, Meister Eckhart e Marguerite Porete: Dois caminhos de negação radical sob um mesmo traço distintivo, Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis, Florianópolis: 2010

SCHWARTZ, Silvia, A béguine e Al-Shaykh, Juiz de Fora: 2005.

VANNINI, Marco. A experiência do espírito vai muito além das distinções espaço-temporais e de gênero. IHU ONLINE - Revista Eletrônica do Instituto Humanitas Unisinos. São Leopoldo, ano XI, edição 385, 2012

VELASCO, Juan, Doze místicos cristãos, experiência de fé e oração, Petrópolis: Vozes, 2003.

VERDEYEN, S.J.,Paul. Le procès d´inquisition contre Marguerite Porete et Guiard de Cressonessart (1309-1310) Revue d´histoire eclésiastique, 81, 1986, p.45-94

Downloads

Publicado

2021-09-01

Como Citar

dos Santos, S. (2021). A ANIQUILAÇÃO DA ALMA NO "ESPELHO DAS ALMAS SIMPLES E NADIFICADAS" DE MARGUERITE PORETE. Revista Brasileira De Filosofia Da Religião, 7(2), 69–83. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/rbfr/article/view/35461

Edição

Seção

Artigos (temática geral)