A MISTICA E A FILOSOFIA DA CARNE

Autores

  • Patrícia Mara Rodrigues Silva Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia - FAJE

Palavras-chave:

mística, carne, feminino, cristianismo, ontologia

Resumo

O presente artigo pretende contribuir, através da filosofia da carne de Maurice Merleau-Ponty, com a reflexão levantada por Jonna Bornemark sobre o papel da corporeidade na experiência mística. Em seu artigo sobre a compreensão mística da sensibilidade, frequentemente a autora utiliza a linguagem merleaupontiana, e chega a citar o autor, tanto em ressonância quanto em contraste com suas cogitações. Por esse motivo, o objetivo deste artigo é fazer uma resposta à filósofa, ao apontar para momentos da filosofia do autor francês que podem ter ficado de fora de sua análise, e que trariam, provavelmente, um ganho para as intuições levantadas por ela. Por exemplo, ao se compreender a importância da noção carne em sua filosofia madura. Ou seja, a autora parece olvidar a sutil diferença entre a fenomenologia da percepção, com sua ênfase nas questões do corpo, e a filosofia da carne, desenvolvida em sua maturidade como uma ontologia indireta, que se faz em respeito e até embebida em uma linguagem religiosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BORNEMARK, Jonna (2015). Um corpo sensível à transcendência: Uma compreensão mística da sensibilidade. Tradução: Marc Machado Franken. Ekstasis: revista de hermenêutica e fenomenologia. V.4. n.2 . pp.158-185.

GILSON, Étienne (2006). O Espírito da Filosofia Medieval. Tradução: Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes.

MERLEAU-PONTY, Maurice (2000). A natureza. São Paulo: Martins fontes.

MERLEAU-PONTY, Maurice (1964) Le visible et l’invisible. Paris: Editora Gallimard, 1964.

MERLEAU-PONTY, Maurice (2019). O Visível e o Invisível. São Paulo: Editora Perspectiva.

MERLEAU-PONTY, Maurice (1966). Sens et Non-Sens. Coleção: Pensées. Paris: Les Éditions Nagel.

MERLEAU-PONTY, Maurice (1991). Signos. São Paulo: Martins Fontes.

SAINT AUBERT, Emmanuel de (2008). “L’incarnation change tout” Merleau-Ponty critique de la “théologie explicative”. Centres Sèvres, Arquives de Philosophie, 2008, pp.371 a 405.

TILLIETTE, Xavier (1970). Merleau-Ponty ou la mesure de l’homme. Bibliographie par Alexandre Metraux (Philosophes de tous les temps, 64). Paris: Seghers.

Downloads

Publicado

2021-09-01

Como Citar

Rodrigues Silva, P. M. (2021). A MISTICA E A FILOSOFIA DA CARNE. Revista Brasileira De Filosofia Da Religião, 7(2), 53–68. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/rbfr/article/view/34938

Edição

Seção

Artigos (temática geral)