Formação de espectadores de teatro: possibilidades mediadoras em espaços culturais

Autores

  • Martha Lemos de Moraes

Resumo

Este artigo apresenta reflexões sobre a possibilidade de formação de espectadores por meio da mediação cultural e artístico/teatral em espaços culturais, em prol da experiência estética do espectador escolar. Apresenta os rumos que direcionam a gestão do Programa Educativo “SESC Arte-educação: transformando plateias”, realizado no Teatro SESC Paulo Autran em Taguatinga-DF, à luz de autores como Jacques Rancière, Larrosa Bondia, Teixeira Coelho, Taís Ferreira, Flávio Desgranges e Maria Lúcia Pupo, que discutem acerca dos fenômenos complexos da estética e da recepção teatral. Apresenta noções sobre público, plateia, espectador e reflete sobre o acesso físico e linguístico de estudantes e professores ao Teatro, a fim de minimizar as lacunas entre a produção e a recepção teatral, bem como incentivar a frequentação e a fruição de espectadores escolares aos
espetáculos teatrais oferecidos pelo Teatro SESC Paulo Autran.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-08-25

Como Citar

MORAES, M. L. de. Formação de espectadores de teatro: possibilidades mediadoras em espaços culturais. Participação, [S. l.], n. 25, 2014. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/16947. Acesso em: 26 set. 2022.