KIHATO, Caroline Wanjiku. 2013. Migrant women of Johannesburg: life in an in-between city. Johannesburg: WITS University Press. 174 pp.

Autores

  • Doreen Gordon

Palavras-chave:

mulheres migrantes, Joanesburgo, urbanização, África do Sul

Resumo

Este relato etnográfico feito por Caroline Wanjiku Kihato sobre mulheres migrantes que vivem na cidade de Joanesburgo é um contributo oportuno, relevante e original para a literatura mais ampla sobre migração e urbanização. É original, porque examina as vidas de mulheres migrantes estrangeiras, muitas vezes invisibilizadas no meio político atual da África do Sul. Centrando-se na vida cotidiana de mulheres migrantes de diversos países ”” Camarões, República Democrática do Congo, Congo Brazzaville, Nigéria, Ruanda, Burundi, Quênia, Tanzânia, Uganda e Zimbábue ””, a autora oferece uma visão de como elas negociam essa vida e lidam com um Estado instável e com a ameaça constante de violência xenofóbica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

KIHATO, Caroline Wanjiku. 2013. Migrant women of Johannesburg: life in an in-between city. Johannesburg: WITS University Press. 174 pp.

Downloads

Publicado

2018-02-08

Como Citar

Gordon, Doreen. 2018. “KIHATO, Caroline Wanjiku. 2013. Migrant Women of Johannesburg: Life in an in-Between City. Johannesburg: WITS University Press. 174 Pp”. Anuário Antropológico 40 (2):253-56. https://periodicos.unb.br/index.php/anuarioantropologico/article/view/6730.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.