Ensinando Gênero na Universidade

Autores

  • Andrea Moraes Alves

DOI:

https://doi.org/10.4000/aa.7643

Palavras-chave:

Gênero, Ensino superior, Antropologia, Serviço Social

Resumo

O ensino de gênero em cursos universitários tem uma história relativamente recente no Brasil. A apresentação e a discussão de conceitos e resultados de pesquisas sobre gênero e seus atravessamentos aos estudantes no ensino superior são uma necessidade para a formação em diversas áreas do conhecimento. As investigações sobre gênero nos permitem compreender a estruturação da vida social, a formação de hierarquias e de desigualdades sociais, nos auxiliam a intervir sobre essas desigualdades e fomentam o debate sobre a democracia nas sociedades moderno-contemporâneas. O texto reflete, a partir de uma experiência docente em universidade pública, os caminhos percorridos no debate de gênero nas duas últimas décadas. As reflexões trazidas se referem ao lugar de uma professora de antropologia ministrando uma disciplina sobre relações de gênero no Brasil para graduandas em serviço social. Além das adaptações necessárias para fazer chegar o conhecimento antropológico em áreas afins, há ainda a exigência de mergulhar nas formas como o próprio campo do serviço social brasileiro enxerga gênero e, a partir daí construir pontes de comunicação com as contribuições da antropologia sobre o assunto, alargando os horizontes desse mesmo debate. O texto é um convite para exercitarmos a expansão das fronteiras da antropologia ao estabelecer um diálogo entre aquilo que fazemos e o que fazem as outras áreas do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2021-01-06

Como Citar

Alves, A. M. (2021). Ensinando Gênero na Universidade. Anuário Antropológico, 46(1), 11–22. https://doi.org/10.4000/aa.7643

Edição

Seção

Conferência