Quando o Trabalho vira passatempo aprendizado moral, trabalho social e pessoas em situação de rua

Main Article Content

Hernany Gomes de Castro

Resumo

O artigo discute o ato de fala em que uma pessoa em situação de rua reconhece seu trabalho. O objetivo é compreender por que a atividade de vigilância de carros em estacionamentos é reconhecida como trabalho e a catação de materiais em sacos de lixo como passatempo. O exercício de análise de teoria, sobre a relação danpessoa em situação de rua com o trabalho, coloca em discussão os problemas da divisão do trabalho social e do reconhecimento do trabalho, dialogando com as contribuições de Georg Simmel, Émile Durkheim, Karl Marx, Jürgen Habermas, Boltanski e Thévenot, Serge Paugam e Bicudo Véras. Desse modo, são recuperadas as noções
como trabalho social, moral, aprendizagem de saberes, sistemas e mundo da vida, linguagem e justificação, desqualificação social, subcidadania, entre outras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
de Castro, H. G. (2023). Quando o Trabalho vira passatempo: aprendizado moral, trabalho social e pessoas em situação de rua. Arquivos Do CMD, 10(1), 250–288. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/CMD/article/view/51689
Seção
Artigos Livres
Biografia do Autor

Hernany Gomes de Castro, UnB

Mestrando em Sociologia na Universidade de Brasília e Pedagogo na Carreira Pública em Assistência Social do Governo do Distrito Federal.

Referências

ARON, R. As etapas do pensamento sociológico. 2o ed. São Paulo: Martins Fontes / Editora Universidade de Brasília, 1987.

BETTINE, M. A Teoria do Agir Comunicativo de Jürgen Habermas: bases conceituais. [s.l.] Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades, 2021.

BOLTANSKI, L.; THÉVENOT, L. Sociologia da Capacidade Crítica. Sociologia da Capacidade Crítica, p. 359–377, 1999.

___. A Justificação: sobre as economias da grandeza. Traducao Alexandre Werneck. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2020.

CARVALHO, J. M. DE. Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

CASTRO, H. Vínculos de (Sub)Cidadania: um estudo de caso sobre os laços sociais de pessoas em situação de rua com as políticas públicas de Saúde e de Assistência Social em São Sebastião-DF. Brasília, DF: PPGSOL - Universidade de Brasília, 2023.

DURKHEIM, É. Da divisão social do trabalho. São Paulo, SP, Brasil: Martins Fontes, 2004.

HABERMAS, J. Para a reconstrução do materialismo histórico. São Paulo: Brasiliense, 1976.

___. Teoria do agir comunicativo. 2: Sobre a crítica da razão funcionalista / Jürgen Habermas. Tradução: Flávio Beno Siebeneichler. Traducao Flávio Siebeneichler. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012a.

___. Teoria do agir comunicativo. 1: Racionalidade da ação e racionalização social / Jürgen Habermas. Tradução: Paulo Astor Soethe. Revisão técnica: Flávio Beno Siebeneichler. Tradução Paulo Soethe; Flávio Siebeneichler. 2. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012b. v. I

IVO, A. B. L. Georg Simmel e a “sociologia da pobreza”. Caderno CRH, v. 21, p. 171–180, abr. 2008.

LUKES, S. Émile Durkheim: His life and work, a historical and critical study. Stanford: Stanford University Press, 1972.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política - Livro 1, o processo de produção do capital. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2017.

PAUGAM, S. (ED.). L’exclusion, l’état des savoirs. Paris: Editions de La Découverte, 1996.

___. (EDS.). Por uma sociologia da exclusão social: o debate com Serge Paugam. São Paulo: Educ, 1999.

___. A desqualificação social: ensaio sobre a nova pobreza. São Paulo: EDUC Cortez, 2003.

SIMMEL, G. Les Pauvres. Paris: Presses Universitaires de France-PUF, 1998.

SOUZA, J. A construção social da subcidadania: para uma sociologia política da modernidade periférica. 2a edição ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

SOUZA, J.; ÖELZE, B. Simmel e a modernidade. Brasília: Ed. da Universidade de Brasília, 2014.

TELLES, V. DA S. Pobreza e cidadania. 1a ed ed. São Paulo, SP, Brasil: Curso de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade de São Paulo: Editora 34, 2001.

VÉRAS, M. P. B. Prefácio à edição brasileira. In: A desqualificação social: ensaio sobre a nova pobreza. São Paulo: EDUC Cortez, 2003.