Representações da música amazônica nos anos de chumbo através do catálogo da exposição Amazônia Brasileira de 1969

Palavras-chave: Música da Amazônia, Memória, Identidade, Música, Ditadura militar, Biblioteca Nacional – Brasil, Representações da Amazônia

Resumo

Neste artigo são abordadas as representações da música da Amazônia, em uma exposição promovida pela Biblioteca Nacional em 1969, no contexto da ditadura militar brasileira. Recorrendo à pesquisa bibliográfica, documental e hemerográfica, busca-se compreender como tais representações se articulam ou não com o projeto de ocupação, integração e defesa da Amazônia que determinou ações desastrosas na região, sobretudo para as populações originárias. Recorre-se às noções de representação, em Chartier, de memória e identidade em Candau e Pollak. O repertório revela uma representação folclorizante e regionalista, com resquícios da Belle Époque local, mas também o olhar para o regional a partir da obra de Villa-Lobos. Esta seleção pouco dialoga, contudo, com a música urbana do período ou com a música religiosa, mais integradas ao cenário nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AFP. 2019. “Sínodo sobre Amazônia, que preocupa Bolsonaro, será realizado em outubro”. Exame, 25 de fevereiro. Acesso: 20 abr. 2019. https://exame.abril.com.br/brasil/sinodo-sobre-amazonia-que-preocupa-bolsonaro-sera-realizado-em-outubro/.

“Amazônia Brasileira”. 1969. O Jornal, 3º Caderno, 10 de agosto, 7.

Biblioteca Nacional. 1969. Amazônia Brasileira: catálogo da exposição. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional – Divisão de Publicações e Divulgação.

Brandão, José D. [s.d.]. Saracura. [s.l.]: [s.n.].

Candau, Joël. 2011. Memória e identidade. São Paulo: Contexto.

Castro, John Kennedy Pereira de. 2017. “Oswaldo de Souza: uma abordagem semiológico-musical de suas canções à performance da canção brasileira de câmara”. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Minas Gerais.

Canofre, Fernanda. 2019. “No Amapá, Bolsonaro defende explorar Amazônia e reserva mineral”. Folha de São Paulo, 12 de abril. Disponível em https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2019/04/no-amapa-bolsonaro-defende-explorar-amazonia-e-reserva-mineral.shtml, Acessado em 20 abril 2019.

Chartier, Roger. 2002. A história cultural: entre práticas e representações. Portugal: Difel, 2002.

Chiaretti, Daniela. 2019. “Projeto põe em risco vegetação nativa de ‘três Bahias’”. Valor Econômico, 29 de abril. Disponível em https://www.valor.com.br/brasil/6230383/projeto-poe-em-risco-vegetacao-nativa-de-tres-bahias, Acessado 2 maio 2019.

Cornetto, Giacomo. [s.d.]. Dolce Rimpainto!… Milano: Alessandro Nagas.

Corrêa, Ângela Tereza de Oliveira. 2010. “História, cultura e música em Belém: décadas de 1920 a 1940”. Tese de Doutorado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Costa, Tony Leão da. 2008. “Música do Norte: intelectuais, artistas populares, tradição e modernidade na formação da ‘MPB’ no Pará (anos 1960 e 1970)”. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Pará.

Deutsche Welle. 2019. “Bolsonaro quer explorar Amazônia com os Estados Unidos”. Deutsche Welle, [9 de abril]. Disponível em https://www.dw.com/pt-br/bolsonaro-quer-explorar-amaz%C3%B4nia-com-os-estados-unidos/a-48257906, Acessado em 19 mai 2019.

Di Cunto, Raphael, Carla Araújo e Carolina Freitas. 2019. “Novo chanceler diz que esquerda criou ‘ideologia da mudança climática'”. Valor Econômico, 15 de novembro. Disponível em https://www.valor.com.br/politica/5985233/novo-chanceler-diz-que-esquerda-criou-%3Fideologia-da-mudanca-climatica, Acessado em 2 janeiro 2019.

Diario de Notícias. 1969. 7 de novembro, 1-2.

Duarte, Fernando Lacerda Simões. 2014. “Do canto religioso popular à música autóctone: memórias, esquecimentos e o desenvolvimento de uma identidade musical local no catolicismo pós-conciliar”. Em Simpósio Brasileiro de Pós-Graduandos em Música (SIMPOM), III, Anais: 784-794. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

________. 2016. “Resgates e abandonos do passado na prática musical litúrgica católica no Brasil entre os pontificados de Pio X e Bento XVI (1903-2013)”. Tese de Doutorado, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Duffy, Eamon. 1998. Santos e pecadores: história dos papas. São Paulo: Cosac & Naify.

Dupas, Gilberto. 2012. O mito do progresso ou progresso como ideologia. São Paulo: Editora UNESP.

Fernandes, Natalia Aparecida Morato. 2013. “A política cultural à época da ditadura militar”. Contemporânea 3 (1): 173-192.

Ferreira, Maria de Nazareth. [1942]. Cidade Morena. [s.l.]: [s.n.].

Frazão, Felipe, Gustavo Porto e Marco Antônio de Carvalho. 2019. “Bolsonaro propõe que proprietários rurais não sejam punidos por atirar contra invasores”. Estadão, 30 de abril. Disponível em https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,bolsonaro-quer-votacao-de-projeto-no-congresso-sobre-armas-de-fogo-em-propriedades-rurais,70002809129, Acessado em 2 maio 2019.

Freire, Vanda Lima Bellard e Erika Soares Augusto. 2014. “Sobre flores e canhões: canções de protesto em festivais de música popular”. Per musi 29: 220-230. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-75992014000100022&script=sci_abstract&tlng=pt, acessado em 10 dezembro 2018.

Garcia, Tânia da Costa. 2006. “Atahualpa Yupanqui e as representações do popular nos tempos de Perón”. Em Encontro Internacional da Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas (ANPHLAC), III, Anais: 1-11. Campinas: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Disponível em http://anphlac.fflch.usp.br/sites/anphlac.fflch.usp.br/files/tania_costa_garcia.pdf, acessado em 20 abril 2019.

Garcia, Tânia da Costa. 2013. Redefinindo a nação: canção popular e folclore: um estudo comparativo entre Chile, Argentina e Brasil no pós-segunda guerra mundial. In Música e política: um olhar transdiciplinar, organizado por Tânia da Costa Garcia e Lia Tomás, 1-25. São Paulo: Alameda.

Gomes, Paulo César. 2014. Os bispos católicos e a ditadura militar: a visão da espionagem. Rio de Janeiro: Record.

Gonzalez, Amelia. 2018. “Reações de ambientalistas à escolha do novo ministro cético do clima”. G1, 16 de novembro. Disponível em https://g1.globo.com/natureza/blog/amelia-gonzalez/post/2018/11/16/reacoes-de-ambientalistas-a-escolha-do-novo-ministro-cetico-do-clima.ghtml, acessado em 2 fevereiro 2019.

Imprensa e Desmatamento na Amazônia: análise de mídia. 2013. Brasília: ANDI – Comunicação e Direitos.

“O que há para ver”. 1969. Jornal do Brasil, Caderno B, 3 de dezembro, 6.

Magalhães, Gildo. 2018. “Por uma dialética das controvérsias: o fim do modelo positivista na história das ciências”. Estudos Avançados 32 (94): 345-361. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142018000300345, acessado em 2 fevereiro 2019.

Marin, Denise Chrispim. “Chanceler atribui aumento da temperatura da Terra a asfalto quente”. Veja, 30 de maio. Disponível em https://veja.abril.com.br/mundo/chanceler-atribui-aumento-da-temperatura-da-terra-a-asfalto-quente, acessado em 2 fevereiro 2019.

Meirelles Filho, João Carlos de Souza. 2004. “É possível superar a herança da ditadura brasileira (1964-1985) e controlar o desmatamento na Amazônia? Não, enquanto a pecuária bovina prosseguir como principal vetor de desmatamento”. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi: Ciências Humanas 9 (1): 219-241. Disponível em http://editora.museu-goeldi.br/bh/artigos/chv9n1_2014/possivel(filho).pdf, acessado em 2 fevereiro 2019.

Moreira, Gabriel Ferrão. 2010. “O elemento indígena na obra de Heitor Villa-Lobos: uma pesquisa em finalização”. Em Simpósio Brasileiro de Pós-Graduandos em Música (SIMPOM), I, Anais: 903-912. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

“Noticiario”. 1900. Diario Official [Estado Federado do Amazonas], 19 de julho, 18905.

Nunes, Paulo Henrique Farias. 2009. “O Instituto Internacional da Hileia Amazônica: moinho combatido por um quixotesco Brasil”. Estudos jurídicos 2 (1): 159-185.

O Jornal. 1969. 1º Caderno, 30 de agosto, 7.

Oliveto, Karla Aléssio. 2007. “Vicente Salles: trajetória pessoal e procedimentos de pesquisa em Música”. Dissertação de Mestrado, Universidade de Brasília.

Pollak, Michael. 1989. “Memória, esquecimento, silêncio”. Estudos históricos 2 (3): 3-15.

Prieto, Gustavo Francisco Teixeira. 2017. “A aliança entre terra e capital na ditadura brasileira”. Mercator 16: 1-14. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php ?pid=S1984-22012017000100203&script=sci_abstract&tlng=pt, acessado em 2 fevereiro 2019.

Puget, Gentil. 1941a. Asai-yukicé. Cena característica do Pará. S. Paulo: E. S. Mangione.

________. 1941b. Tacacá. Cena característica do Pará. Batuque. S. Paulo: E. S. Mangione.

Figueiredo, Jader. 1967. Relatório Figueiredo. Arquivo digital em 30 volumes. UFMG: Brasil Doc. Disponível em https://www.ufmg.br/brasildoc/temas/5-ditadura-militar-e-populacoes-indigenas/5-1-ministerio-do-interior-relatorio-figueiredo/, acessado em 10 janeiro 2019.

Sandroni, Carlos. 2002. “O paradigma do tresillo”. Opus 8: 102-113.

Schama, Simon. 1996. Paisagem e memória. São Paulo: Companhia das Letras.

Sousa, Oswaldo de. [s.d.]. Banho de cheiro. Rio de Janeiro: Casa Arthur Napoleão.

Starling, Heloisa. 2015. “Ditadura militar e populações Indígenas”. Brasil Doc.: Arquivo Digital. Disponível em https://www.ufmg.br/brasildoc/temas/5-ditadura-militar-e-populacoes-indigenas/, acessado em 10 janeiro 2019.

Trigueiro, André. 2019. “15 pontos para entender os rumos da desastrosa política ambiental no governo Bolsonaro”. G1: Natureza, 3 de junho. Disponível em https://g1.globo.com/natureza/blog/andre-trigueiro/post/2019/06/03/15-pontos-para-entender-os-rumos-da-desastrosa-politica-ambiental-no-governo-bolsonaro.ghtml, acessado em 2 fevereiro 2019.

Watts, Jonathan. 2019. “Deforestation of Brazilian Amazon surges to record high”. The Guardian, 4 de junho. Disponível em https://www.theguardian.com/world/2019/jun/04/deforestation-of-brazilian-amazon-surges-to-record-high-bolsonaro, acessado em 2 fevereiro 2019.

Publicado
2019-07-05
Como Citar
Duarte, Fernando. 2019. Representações Da Música Amazônica Nos Anos De Chumbo Através Do Catálogo Da Exposição Amazônia Brasileira De 1969. Música Em Contexto 13 (1), 55-79. http://periodicos.unb.br/index.php/Musica/article/view/26587.
Seção
Artigos