TEORIAS FEMINISTAS: LIBERAÇÃO E SOLIDARIEDADE NO PLURAL

Autores

  • Francine Descarries Université de Montreal

Palavras-chave:

Relações Sociais; Relações de Sexo; Feminismo; Estudos Feministas; Pensamento Feminista; Movimento de Mulheres; Diferença; Identidade, Contrato Social; Gênero.

Resumo

Tendo como eixo de análise as relações sociais de sexo e sua modificação como alvo estratégico, os estudos feministas impuseram-se progressivamente como caminho crítico e problematizante de transformação. Em seguida à evocação das três grandes tendências que informaram o pensamento feminista nas últimas décadas, a autora indaga se o discurso feminista atual participa ainda destes pressupostos. Seria possível propor um projeto social inédito, fundamentado em um novo contrato entre os sexos e de alimentar uma luta feminista aberta às diversidades e diferenças, sem perder entretanto sua coesão e seu poder de coalisão?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francine Descarries, Université de Montreal

Francine Descarries é doutora em Sociologia pela Université de Montreal. Professora do Departamento de Sociologia da Université du Quebec. à Montreal (UQAM) desde 1985 . E membro do Comitê Externo de direção do Fundo para Pesquisa para a Condição Feminina Canadá (CFC) e do Comitê de Edição da Federação canadense de Ciências Humanas e Sociais. Francine Descarries é atualmente diretora universitária da Aliança de Pesquisa IREF - Relais Femmes, que abriga mais de 25 pesquisadoras e cerca de 20 grupos comunitários. Membro fundadora do IREF (Institut de recherches et d'études féministes de 1'UQAM), suas pesquisas são relativas às teorias feministas, movimento das mulheres do Quebec, maternidade e articulação família-trabalho na experiência das mulheres.

Publicado

2012-01-05

Como Citar

Descarries, F. (2012). TEORIAS FEMINISTAS: LIBERAÇÃO E SOLIDARIEDADE NO PLURAL. T.E.X.T.O.S DE H.I.S.T.Ó.R.I.A. Revista Do Programa De Pós-graduação Em História Da UnB., 8(1-2), 09-45. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/textos/article/view/27802

Edição

Seção

Artigos