Repertórios organizacionais e mudança institucional: grupos de mulheres e a transformação na política dos Estados Unidos

Main Article Content

Elisabeth Clemens

Resumo

Resumo


Embora frequentemente se presuma que os movimentos sociais são causa de mudança, as explicações teóricas dominantes conduzem à conclusão oposta. Com vistas a explicar como movimentos contestatórios de fato produzem mudança institucional, este artigo introduz o conceito de repertórios organizacionais. Grupos marginalizados pelas instituições políticas existentes são estimulados a desenvolver modelos de organização alternativos. Esses modelos alternativos, por sua vez, têm maior probabilidade de serem adotados por outros atores políticos na medida em que incorporem formas de organização conhecidas, mas anteriormente não-políticas. Este argumento é ilustrado com uma análise sobre inovação política por grupos de mulheres nos Estados Unidos na virada do século.


Palavras-chave: movimentos sociais; organizações de mulheres; sistema político dos Estados Unidos; repertórios organizacionais; mudança institucional; lobby


Abstract


Although social movements are often presumed to cause change, the dominant theoretical accounts lead to the opposite conclusion. To explain how challenging movements do produce institutional change, this article introduces the concept of organizational repertoires. Groups marginalized by existing political institutions have an incentive to develop alternative models of organization. These alternative models, in turn, are more likely to be adopted by other political actors to the extent that they embody familiar, but previously nonpolitical, forms of organization. This argument is illustrated with an analysis of political innovation by women’s groups in the United States at the turn of the century.


Key words: social movements; women’s organizations; American political system; organizational repertoires; institutional change; lobby

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Clemens, E. (2012). Repertórios organizacionais e mudança institucional: grupos de mulheres e a transformação na política dos Estados Unidos. Revista Brasileira De Ciência Política, (3), 162–218. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/rbcp/article/view/1679
Seção
Dossiê: Movimentos sociais e ação coletiva
Biografia do Autor

Elisabeth Clemens, Universidade de Chicago

Elisabeth S. Clemens é professora do Departamento de Sociologia da Universidade de Chicago (Estados Unidos) desde 2002 e autora de The People's Lobby: organizational innovation and the rise of interest group politics in the United States, 1890-1925 (1997). E-mail: clemens@uchicago.edu