Meridiano 47 - Journal of Global Studies https://periodicos.unb.br/index.php/MED <p style="text-align: justify;"><em>Meridiano 47 - Journal of Global Studies</em> é uma revista do <a href="http://www.estudosglobais.net" target="_blank" rel="noopener">Centro de Estudos Globais da Universidade de Brasília</a>, dedicada a promover a reflexão, a pesquisa e o debate acadêmico sobre os temas da agenda internacional contemporânea. Publica artigos científicos cuja temática se situe na grande área de Relações Internacionais, e mais particularmente sobre Política Internacional, Política Externa, Economia Internacional, Instituições e Regimes Internacionais, História das Relações Internacionais e da Política Externa e sobre questões envolvendo áreas geográficas e países.</p> <p>&nbsp;</p> Centro de Estudos Globais - Universidade de Brasília pt-BR Meridiano 47 - Journal of Global Studies 1518-1219 A hidropolítica brasileira sob a Agenda 2030 das Nações Unidas https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/29784 <p>A estrutura da Agenda 2030 e dos seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) incluem a água em seu escopo, demonstrando que esse recurso natural está entrelaçado com o bem-estar da sociedade e é necessário para o alcance do desenvolvimento sustentável. Este artigo explora como a hidropolítica contribui com essa nova agenda de desenvolvimento, analisando as políticas hídricas brasileiras em relação ao ODS6.</p> Isabela Battistello Espindola Maria Luisa Telarolli de Almeida Leite Luis Paulo Batista da Silva Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-07-20 2020-07-20 21 10.20889/M47e21011 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: uma transformação no debate científico do desenvolvimento? https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/29887 <p>Como a sustentabilidade ambiental permeou o debate político-acadêmico sobre desenvolvimento e quais temas ainda permanecem em discussão no âmbito dos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS)? A partir de uma revisão de literatura interdisciplinar, esse trabalho apresenta uma trajetória dos estudos de desenvolvimento, culminando nos ODS. De uma perspectiva técnica e unidimensional, a partir de uma janela de oportunidade do pós-Guerra Fria, o debate caminhou para uma abordagem multidimensional e transversal, envolvendo as esferas social e ambiental. No entanto, críticos questionam se os ODS representam uma agenda legítima e implementável, considerando todos os reveses das políticas internacional e doméstica.</p> Elia Elisa Cia Alves Ivan Filipe de Almeida Lopes Fernandes Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-07-20 2020-07-20 21 10.20889/M47e21010 Entidades Fiscalizadoras Superiores e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/29991 <p>O artigo investiga o papel das Entidades Fiscalizadoras Superiores (EFS) no acompanhamento da implementação da Agenda 2030. Para tanto, apresenta-se um estudo exploratório da atuação do Tribunal de Contas da União do Brasil no tema, o engajamento do órgão com organizações internacionais, e a sua atuação doméstica. Explora-se as quatro auditorias realizadas pelo órgão sobre a implementação de metas da Agenda 2030, entre 2015 e 2019. Os resultados permitem conclusões sobre o papel desempenhado na observância da adoção dos parâmetros internacionais. Também conclui-se que a Agenda 2030 reforça o mandato e a responsabilidade das EFS.</p> Ana Beatriz Arantes Araújo Lucas Oliveira Machado Marrielle Maia Alves Ferreira Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-07-20 2020-07-20 21 10.20889/M47e21008 Recuperando a justiça de gênero e a África nas Conferências Mundiais da Mulher https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/29159 <p>Como se configuram os pilares de justiça de gênero nas Conferências Mundiais da Mulher, nomeadamente em seus planos, plataformas e estratégias de ação? Neste artigo, apontamos como estes documentos ensejam princípios de justiça fundados em três dimensões: redistribuição, reconhecimento e representação. Ademais, analisamos brevemente como eles se aplicam à África no contexto das conferências. Concluímos que há um enfoque prioritário em redistribuição e reconhecimento, e difuso em representação.</p> Enzo Lenine Locarine Oncampo Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-07-20 2020-07-20 21 10.20889/M47e21009 Enquadrando a Fragmentação da Paz https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/31743 <p>Este artigo discute o conceito de fragmentação da paz, a fim de entender como o conceito proposto por Galtung (1969) é operacionalizado, implementado e disseminado como uma agenda internacional. Tendo como parâmetro os Objetivos do Desenvolvido Milênio e de Desenvolvimento Sustentável implementadas pelas Nações Unidas, este artigo incorpora uma perspectiva de enquadramento, argumentando que a paz positiva é mais que um conceito, e sim uma estratégia comum e global pragmática.</p> Maurício Vieira Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-06-26 2020-06-26 21 10.20889/M47e21005 A Corte Interamericana de Direitos Humanos e a judicialização internacional da política doméstica https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/31582 <p>O artigo explora elementos das sentenças da Corte IDH que evidenciem processos de judicialização internacional de políticas domésticas. Por meio de um desenho de pesquisa qualitativo, associado a estatísticas descritivas, mapeamos medidas de não repetição em sentenças da Corte contra Estados Sul-Americanos, avaliamos dificuldades de cumprimento dessas medidas e apresentamos possíveis impactos nas políticas estatais.</p> Mikelli Marzzini L. A. Ribeiro Isabela Gerbelli Garbin Ramanzini Alana Soares Santos Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-07-01 2020-07-01 21 10.20889/M47e21004 O programa nuclear iraniano e o regime de não-proliferação: dilemas para o futuro https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/29213 <p>O programa nuclear iraniano causa receios e inquietações há tempos, existindo suspeitas de que o país almeje a utilização da energia nuclear para fins militares, tornando-se uma potência nuclear ilegítima. Décadas de sanções e iniciativas de negociação não têm alcançado resultados satisfatórios.&nbsp; O presente artigo visa analisar o atual quadro da questão nuclear iraniana, argumentando que reflete controvérsias e dificuldades intrínsecas do regime de não proliferação nuclear.</p> Raquel Gontijo Luiza Elena Januário Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-07-01 2020-07-01 21 10.20889/M47e21007 O Banco Interamericano e as Diretrizes da Política Externa Norte-Americana para a América Latina https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/32226 <p>Os ideais liberais fazem parte da política externa norte-americana assim como das instituições internacionais criadas com apoio americano. A criação do BID representou o amplo interesse dos Estados Unidos em direcionar o desenvolvimento socioeconômico do continente. O objetivo deste artigo é avaliar a atuação do BID a partir das diretrizes da política externa norte-americana com foco na dinâmica dos investimentos regionais para seus principais contribuidores sul-americanos: Brasil e Argentina.</p> Bárbara Carvalho Neves Copyright (c) 2020 http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-06-26 2020-06-26 21 10.20889/M47e21006 A formação do complexo regional de segurança energética pela Energiewende na União Europeia https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/31436 <p>No artigo discute-se como Energiewende converge a UE para um complexo de segurança energética. Baseia-se na teoria do Complexo Regional de Segurança, considerando a energia como um setor de análise que lida com o trade-off segurança energética e mudanças climáticas. Verifica-se que a UE evita medidas extremas sobre energia, encorajando a Alemanha a apresentar uma política regional partindo de experiências domésticas, o que a torna o principal exportador de energias renováveis.</p> Matilde De Souza Leandro Gomes Ferreira Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-06-26 2020-06-26 21 10.20889/M47e21003 Guerra Russo-Georgiana (2008): a inovação tecnológica em campo https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/29160 <p>O presente artigo trata da guerra entre Rússia e Geórgia em 2008 por causa da disputa sobre Ossétia do Sul e Abecásia, territórios secessionistas e russófilos. O conflito teria sido mais um episódio tradicional no sistema internacional, mas a utilização da cibernética em larga escala pelos russos lhe proporcionaria singularidade. Assim, esta guerra foi um exemplo de danos causados a um país como vítima da cibernética como artefato militar.</p> Virgílio Caixeta Arraes Michel Gomes Nogueira Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-18 2020-05-18 21 10.20889/M47e21001 Polarização Partidária e Política Externa no Reino Unido pré-Brexit https://periodicos.unb.br/index.php/MED/article/view/28203 <p>No artigo, analisamos o comportamento dos partidos britânicos nas votações de política externa da legislatura anterior à aprovação do referendo do Brexit. Por meio de um modelo geral linear, mostramos que as votações sobre temas relacionados à União Europeia possuem baixa propensão à divergência partidária, enquanto as notícias veiculadas à votação, o desemprego e a relevância da imigração para a opinião pública afetam positivamente o grau de divergência entre os partidos políticos britânicos.</p> Pedro Feliú Fernanda Bárbara Lessa Cordeiro Natália Dus Poiatti Copyright (c) 2020 Meridiano 47 - Journal of Global Studies http://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-13 2020-05-13 21 10.20889/M47e21002