O ensino de Relações Internacionais e o cinema

reflexões sobre o uso de filmes como uma ferramenta pedagógica

  • Cristine Koehler Zanella Bacharelado em Relações Internacionais, Universidade Federal do ABC http://orcid.org/0000-0001-7092-4549
  • Edson José Neves Jr. Professor do curso de Relações Internacionais da Universidade Vila Velha (UVV).
Palavras-chave: ensino de Relações Internacionais, filmes como ferramenta pedagógica, filmes como apoio didático, ensino de Relações Internacionais no Brasil

Resumo

O artigo avalia vantagens e limites do uso de filmes no ensino de Relações Internacionais a partir da percepção dos estudantes de duas turmas, uma da Universidade Federal de Uberlândia (MG) e outra da Universidade Vila Velha (ES). Extraem-se diversas conclusões, e a mais substantiva é que os filmes, mesmo os mais didáticos, como documentários, exigem a mediação docente para organizar e viabilizar a aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristine Koehler Zanella, Bacharelado em Relações Internacionais, Universidade Federal do ABC

Bacharelado em Relações Internacionais, Universidade Federal do ABC

Edson José Neves Jr., Professor do curso de Relações Internacionais da Universidade Vila Velha (UVV).

International Relations Department, Universidade Vila Velha, Vilha Velha - Espírito Santo, Brazil

Referências

ACONSTRUÇÃO DE FERNANDO HENRIQUE. Direção: Roberto Stefanelli. TV Câmara, 2012. (57 min.). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=S7nk_CML1Z0>. Acesso em: 20 de Março de 2017.

ANCINE. Agência Nacional do Cinema. Anuário estatístico do cinema brasileiro 2015. Disponível em: <http://oca.ancine.gov.br/sites/default/files/cinema/pdf/anuario_2015.pdf>. Acesso em: 26 de Março de 2017.

CINEMARK. CINEMARK Brasil institucional. Disponível em: https://www3.cinemark.com.br/acinemark/institucional. Acesso em 24 de Março de 2017.

CINEPOLIS. Sobre a Cinépolis – quem somos. Disponível em: http://www.cinepolis.com.br/corporativo/. Acesso em 24 de Março de 2017.

CNE. Conselho Nacional de Educação. Texto referência para a audiência pública sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Relações Internacionais. Brasília, DF, Março de 2017.

DOUCET, Marc G. Child’s play: The political imaginary of international relations and contemporary popular children’s films. Global Society, v. 19, n. 3, p. 289-306. 2005.

ENGERT, Stefan, SPENCER, Alexander. International Relations at the Movies: Teaching and Learning about International Politics through Film. Perspectives, vol. 17, n. 1, p. 83-104. 2009.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopses Estatísticas da Educação Superior – Graduação. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior>. Acesso em 26 de Março de 2017.

KUZMA, Lynn M., HANEY, Patrick J. And... Action! Using Film to Learn about Foreign Policy. International Studies Perspectives, n. 2, p. 33-50. 2001.

MUNSTER, Rens Van, SYLVEST, Casper. Documenting International Relations: Documentary Film and the Creative Arrangement of Perceptibility. International Studies Perspectives, n. 16, p. 229–245. 2015.

NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário. Campinas: Papirus, 2005.

O DIA EM QUE O BRASIL ESTEVE AQUI. Direção: Caíto Ortiz e João Dornelas. Prodigo Filmes. 2005. DVD (72 min.).

O DIA QUE DUROU 21 ANOS. Direção: Camilo Tavares. Pequi Filmes, 2013. (78 min). Disponível em:

<https://www.youtube.com/watch?v=QdWS5DcEFY0&t=2073s>, acesso em 20 de Março de 2017.

PRESIDENTES DE LATINOAMERICA: Luiz Inácio Lula da Silva. Direção: Pablo Santangelo. Sindicato Argentino de Docentes Privados – SADOP, Sindicato Único de Trabajadores de Edificios de Renta y Horizontal – SUTERH, 2010. (83 min.). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=mA7O2eBOvHc>. Acesso em 20 de Março de 2017.

SWIMELAR, Safia. Visualizing International Relations: Assessing Student Learning Through Film. International Studies Perspectives, v. 14, n. 1, p. 14-38. 2013.

TV BRASIL. O dia que durou 21 anos. Disponível em: <http://tvbrasil.ebc.com.br/odiaquedurou21anos>. Acesso em 10 de Março de 2017.

VALERIANO, Brandon. Teaching Introduction to International Politics with Film. Journal of Political Science Education, n. 9, p. 52-72. 2013.

WEBER, Cynthia. International Relations Theory: a critical introduction. 4a ed. Londres: Routledge, 2014.

ZANELLA, Cristine Koehler, NEVES JR., Edson José. (Orgs.). As Relações Internacionais e o Cinema: espaços e atores transnacionais. Belo Horizonte: Fino Traço, 2015.

____. As Relações Internacionais e o Cinema: Estado e conflitos internacionais. Belo Horizonte: Fino Traço, 2016.

Como Citar
Zanella, Cristine, e Edson Neves Jr. 1. O Ensino De Relações Internacionais E O Cinema. Meridiano 47 - Journal of Global Studies 18 (1). http://periodicos.unb.br/ojs311/index.php/MED/article/view/5307.
Seção
Dossiê