OS ESTUDOS DA TRADUÇÃO NO BRASIL: RELATOS DE PESQUISA

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Sinara de Oliveira Branco

Resumo

Este artigo tem o objetivo de apresentar relatos de pesquisa na área de Estudos da Tradução e Ensino de Línguas Estrangeiras no Brasil na primeira década do século XXI e como a evolução da pesquisa na área vem ocorrendo segundo teóricos e teorias específicas, levando em consideração a interdisciplinaridade da área. A pesquisa em desenvolvimento tem como foco o discurso oral e escrito, bem como um estudo com uso de imagens, elucidando a tradução intersemiótica. Para tanto, serão apresentados modelos de atividades desenvolvidas com alunos de graduação em Letras cursando disciplinas de Teoria e Prática de Tradução e Língua Inglesa com o intuito de mostrar como a tradução pode auxiliar os estudantes não apenas em questões tradutórias, mastambém para fazer associações entre teoria e prática de leitura e interpretação de questões linguísticas e literárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos

Referências

BENJAMIN, W. La Tache du Traducteur. Trad. de M. de Gandillac. In: ______.Mythe et violence. Paris: Denoël, 1971.
BERMAN, A. et al. Les Tours de Babel. Mauvezin: Trans-Europ-Repress, 1985.
ESSELINK, B. A Practical Guide to Software Localization. Amsterdam; Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 1998.
ETKIND, E. Un Art en Crise: Essai de Poétique de la Traduction Poétique. Lausanne: L’âge d’homme, 1982.
MUNDAY, J. Introducing Translation Studies: Theories and Applications. London: Routledge, 2001.
NORD, C. Translating as a Purposeful Activity: Functionalist Approaches Explained. Manchester: St Jerome, 1997.
OUSTINOFF, M. Tradução: história, teorias e métodos. Trad. De Marcos Marcionilo. São Paulo: Parábola, 2011.
PAZ, O. Traducción: Literature y Literalidad. Barcelona: Tusquets, 1971.
PYM, A. Negotiating the Frontier: Translators and Intercultures in Hispanic History. Manchester: St Jerome Publishing, 2000.
SAD, T. The Concept of Cultural Translation in British Social Anthropology. In: CLIFFORD, J.; MARCUS, G. E. (eds.). Writing Culture: The Poetics and Politics of Ethnography. Berkeley; Los Angeles: University of California Press, 1986. p. 141-164.
SANTAELLA, L. O que é Semiótica. São Paulo: Brasiliense, 2005.
SARTORI, G. Homo videns: televisão e pós-pensamento. Trad. de Antonio Angonese. Bauru: EDUSC, 2001.
SNELL-HORNBY, M. Lingua Franca and Cultural Identity: Translation in the Global Village. In: KLAUDY, K.; KOHN, J. (eds.). Transferre Necesse Est. Proceedings of the 2nd International Conference on Current Trends Interpreting. 5-7 Sept. 1996, Budapest. Budapest, Hungary: Scholastica, 1997. p. 27-36.