A POLÍTICA PÚBLICA DE ENSINO A DISTÂNCIA: um estudo sobre a fase da implementação de dois cursos da Universidade Federal de Lavras

Érika Loureiro Borba, Kelly Aparecida Torres, Pablo Luiz Martins, Fabrício Molica de Mendonça

Resumo


Este estudo se dedica à análise da política pública de ensino a distância com foco na implementação dos cursos de Administração Pública e Letras-Português, desenvolvidos pelo Centro de Educação a Distância da Universidade Federal de Lavras em parceria com a Universidade Aberta do Brasil. Desta forma o objetivo foi compreender o processo de implementação segundo a percepção de diferentes atores pertencentes ao quadro da Universidade, que estão envolvidos com a implementação dos cursos, e os coordenadores dos polos de apoio presencial dos municípios onde os mesmos são ofertados. A metodologia utilizada para esta investigação foi a análise qualitativa a partir da utilização dos métodos de estudo de caso e entrevista semiestruturada. O estudo apresentou as facilidades e dificuldades que os implementadores precisam monitorar para que a política pública possa atingir seu objetivo, destacando-se o trabalho articulado entre as equipes e o processo de institucionalização do ensino a distância no âmbito da universidade.


Palavras-chave


políticas públicas, implementação, ensino a distância

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18829/rp3.v11i2.26601


 

 


ISSN: 2317-921X - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas 
Licença Creative Commons
O trabalho RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas de UnB/Ceag foi licenciado com uma Licença

Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.