Reflexões sobre a alfabetização de adultos à luz dos Direitos Humanos

  • Nélia Paula Rodrigues Luz Universidade de Brasília Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal

Resumo

Este trabalho está baseado em parte de uma dissertação de mestrado desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania (PPDDH), da Universidade de Brasília, no período de 2014 a 2016, cujos dados foram obtidos em entrevistas com estudantes adultos que estavam em processo de alfabetização. Essas pessoas  frequentavam, a noite, uma escola pública do Distrito Federal na Educação de Jovens e Adultos - EJA:1ªetapa/1º segmento. Este segmento e etapa recebe os adultos maiores de 15 anos que têm interesse  na aprendizagem da leitura e escrita da língua materna. Nesse estudo, observa-se que antes de adentrar na análise de alguns dos dados coletados, há uma pequena abordagem dos aspectos socio-históricos relacionados a EJA, e a alfabetização de adultos, além dos direitos humanos.  Buscou-se conhecer de maneira geral quem são esses  estudantes adultos que não sabem ler e escrever, bem como a importância que atribuem a leitura e a escrita em seus cotidianos. Além disso, indagou-se sobre  a percepção que têm de direitos humanos, juntamente com a busca e garantia destes em suas vidas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-09-19
Como Citar
LuzN. P. R. Reflexões sobre a alfabetização de adultos à luz dos Direitos Humanos. RP3 - Revista de Pesquisa em Políticas Públicas, 19 set. 2018.