Redução das faltas e dos acidentes de trabalho com base na implementação de melhorias ergonômicas na linha de produção de um frigorífico gaúcho

Luiz Fernando Martins Gandon, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz, Luciana Maria Bernstein Pavan, Ana Paula Demarco Resende Esmelindro Zaions

Resumo


A ergonomia se refere ao entendimento das interações entre os indivíduos e os elementos físicos que compõem um sistema, aplicando teoria, princípios, dados e métodos para projetar o ambiente com vistas a otimizar o bem-estar, especialmente no ambiente de trabalho. O presente trabalho buscou avaliar os benefícios observados após a implantação de ações ergonômicas e melhorias na linha de produção realizadas no setor de desossa de um frigorífico. No decorrer do trabalho a linha de produção foi avaliada, buscando situações não conformes para determinar possíveis melhorias a serem efetivadas, visando também a exigência ergonômica e atendimento de normas do Ministério do Trabalho, que tratam da ergonomia e da organização funcional em frigoríficos, especificamente as normas regulamentadoras 17 e 36. A partir da análise dos resultados, foi possível mensurar as melhorias e o ganho produtivo, assim como o nível de satisfação dos colaboradores, especialmente após a implantação de mudanças, como pausas e rodízios programados de atividades e tarefas, elevando a qualidade de vida no trabalho, e reduzindo queixas de desconforto postural e absenteísmo.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18673/gs.v8i1.23921

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Gestão & Saúde (ISSN 19824785)

Revista coordenada pelo Nucleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos (NESPROM), do Centro de Estudos Avançados Multidiciplinares (CEAM), da Universidade de Brasília (UnB).

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados