CHAMADA DE ARTIGOS – MAIO 2019 GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE: “Desafios do SUS para os próximos 30 anos”

2019-04-01

Revista Gestão & Saúde  é um periódico eletrônico quadrimestral, do Núcleo de Estudos em Promoção da Saúde, Universidade de Brasília (Nesprom/Ceam - UnB) que publica artigos originais que abordam estudos interdisciplinares com enfoque tanto na gestão pública de saúde e no processo de gestão dos serviços de saúde. É do interesse da G&S receber artigos que abordem as diversas interfaces possíveis entre Gestão Pública e Saúde, sejam eles com abordagens qualitativas ou quantitativas, com foco em aspectos subjetivos ou objetivos, macro ou microssociais, sejam temas contemporâneos ou perspectivas históricas. ​

O número temático tem como finalidade a divulgação de pesquisas, de conhecimento e análises sobre o tema, bem como o incentivo à reflexão crítica e à proposição de alternativas para o avanço da gestão do SUS para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde.

Serão priorizados os seguintes eixos:

1.Política, Planejamento e Avaliação em Saúde: Abrange estudos que subsidiem o estabelecimento de marcos regulatórios e de políticas de saúde. Contempla a avaliação da cobertura, qualidade, impacto e eficiência da prestação de serviços de saúde, bem como a análise de custos e de financiamento público para a determinação da prioridade na alocação de recursos na área. 

2.Trabalho e Gestão Participativa na Saúde: Contempla a articulação entre trabalho e estratégias de gestão participativa nos serviços de saúde. Propõe a formulação, implementação e avaliação de: programas de educação permanente em saúde; telegestão/telessaúde; controle social; e vigilância em saúde, com enfoque na saúde coletiva. Aborda as condições de trabalho contemporâneo e a patologização dos sujeitos, bem como, a gestão das estratégias de atenção à saúde do trabalhador. 

3. Tecnologias Gerenciais em Saúde:Foca a gestão eficiente, eficaz e efetiva das organizações de saúde, abordando as tecnologias gerenciais que são capazes de gerar ambientes de trabalho mais saudáveis, do ponto de vista do trabalhador, fruto de uma cultura organizacional de confiança, respeito e cooperação, e também favoráveis a produção de serviços de qualidade, por meio de estruturas e processos que sejam capazes de dar respostas mais ágeis e com melhor relação custo benefícios ao usuário e à sociedade.  

É fortemente sugerida a articulação entre as temáticas de saúde e os desafios do SUS para os próximos 30 anos de sua gestão. 

​Todos os artigos submetidos passarão por análise preliminar dos editores da revista quanto à sua pertinência ao número temático e também pelo processo de revisão cega por pares (“double-blind peer review”), conforme as regras da revista. Os artigos poderão ser submetidos em português, espanhol e inglês.

Com publicação prevista para o primeiro semestre de 2019, os artigos serão recebidos até o dia 31 de janeiro de 2019.

Segue abaixo as Diretrizes para Autores:

FORMATAÇÃO DO MANUSCRITO

Os textos devem ser digitados usando-se:

  • Formato Microsoft Word;
  • Papel tamanho A4;
  • Espaçamento 1,5 entre linhas em todo o texto;
  • Fonte Times New Roman, tamanho 12;
  • Margens inferior e laterais de 2cm e superior de 3cm.

INSTRUÇÕES PARA O PREPARO DOS MANUSCRITOS

- Página de identificação: No documento para avaliação deve conter apenas o título do artigo (máximo de 16 palavras) em português, inglês e espanhol, sem abreviaturas e siglas. A sequência de apresentação do mesmo deve ser iniciada pelo idioma em que o artigo estiver escrito. Se for baseado em relatório de pesquisa, tese ou dissertação, monografia de final de curso, indicar o título, ano e instituição onde foi apresentada.

Atenção: Deve ser apresentado no documento suplementar, em alinhamento justificado, em negrito, conciso, informativo; nome(s) completo do(s) autor(es), indicando no rodapé da página a formação universitária, titulação, a função que exerce(m), a instituição a qual pertence(m), títulos e formação profissional, endereço para troca de correspondência, incluindo e-mail e telefone para contato. Solicitamos que seja incluído o ORCID de todos os autores ao submeter o artigo no portal da Revista.

 

- Resumo: Deve ser apresentado na primeira página do trabalho, com no mínimo 150 e no máximo 200 palavras, nas versões em português, inglês (abstract) e espanhol (resumen), na mesma sequência do título.

Atenção: Não serão aceitos resumos com objetivo, método, resultados e conclusão.

- Descritores: Ao final de cada resumo devem ser apontados de 3 a 5 descritores, em Português (Descritores), Espanhol (Descriptores), e Inglês (Key words), conforme os “Descritores em Ciências da Saúde” da Biblioteca Virtual em Saúde (http://decs.bvs.br/http://decs.bvs.br/ ), que permitam identificar o assunto do trabalho.

- Introdução: Apresentação e delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do trabalho.

- Objetivos: Específica de maneira clara e sucinta a finalidade da pesquisa, com detalhamento dos aspectos que serão ou não abordados. Os objetivos, se pertinentes, podem ser definidos como gerais ou específicos a critério do autor.

- Revisão da Literatura: Levantamento selecionado da literatura sobre o assunto que serviu de base à investigação do trabalho proposto. Proporciona os antecedentes para a compreensão do conhecimento atual sobre um assunto e esclarece a importância do novo estudo. Em algumas áreas, já existe a tendência de limitar a revisão apenas aos trabalhos mais importantes, que tenham relação direta com a pesquisa desenvolvida, priorizando as publicações mais recentes. Quando não houver necessidade de um capítulo para a Revisão da Literatura em função da extensão histórica do assunto, ela poderá ser incluída na Introdução.

- Métodos: Descrição completa dos procedimentos metodológicos que permitam viabilizar o alcance dos objetivos. Devem ser apresentados: dados sobre o local onde foi realizada a pesquisa, população estudada, tipo de amostra, variáveis selecionadas, material, equipamentos, técnicas e métodos adotados para a coleta de dados, incluindo os de natureza estatística.

- Resultados: Devem ser apresentados de forma clara e objetiva, sem interpretações ou comentários pessoais, podendo para maior facilidade de compreensão, estarem acompanhados por gráficos, tabelas, figuras, fotografias, etc.

- Discussão: Deve restringir-se aos dados obtidos e aos resultados alcançados, enfatizando os novos e importantes aspectos observados e discutindo as concordâncias e divergências com outras pesquisas já publicadas.

- Conclusão: Corresponde aos objetivos ou hipóteses de maneira lógica, clara e concisa, fundamentada nos resultados e discussão, coerente com o título, proposição e métodos.

- Citações: Para citações “ipsis literis” de referências deve-se usar aspas na sequência do texto. As citações de falas/depoimentos dos sujeitos da pesquisa deverão ser apresentadas em letra tamanho 12, em estilo itálico e na sequência do texto.

- Notas de rodapé: Deverão ser indicados por asterisco, iniciadas a cada página e restritas ao mínimo indispensável.

- Tabelas: A elaboração das tabelas deve seguir as "Normas de Apresentação Tabular" estabelecidas pelo Conselho Nacional de Estatística e publicadas pelo IBGE (1993), limitadas ao máximo de cinco. Quando a tabela for extraída de outro trabalho, a fonte original deve ser mencionada logo abaixo da mesma.

- Apêndices e anexos: Devem ser evitados, conforme indicação da norma NBR 6022.

- Fotos: Serão publicadas exclusivamente em P&B, sem identificação dos sujeitos, a menos que acompanhadas de permissão por escrito de divulgação para fins científicos.

- Agradecimentos: Contribuições de pessoas que prestaram colaboração intelectual ao trabalho como assessoria científica, revisão crítica da pesquisa, coleta de dados entre outras, mas que não preencham os requisitos para participar de autoria, devem constar dos "Agradecimentos", no final do trabalho, desde que haja permissão expressa dos nomeados. Também poderão ser mencionadas, as instituições que deram apoio, assistência técnica e outros auxílios.

- Errata: Após a publicação do artigo, se os autores identificarem a necessidade de uma errata, deverão enviá-la aos editores da Revista imediatamente e de preferência por e-mail.

- Referências: São limitadas a 18, exceto nos artigos de revisão, numeradas consecutivamente na ordem em que forem mencionadas pela primeira vez no texto. Devem ser normalizadas de acordo com Estilo Vancouver, norma elaborada pelo International Committee of Medical Jounals Editors (http://www.icmje.org ). Devem ser identificadas no texto por números arábicos sobrescritos e entre parênteses, sem espaços da última palavra para o parênteses. Ao fazer a citação sequencial de autores, separe-as por um hífen, devendo ser indicados o primeiro e o último, ex.: (1-4) ; quando intercalados, os números deverão ser separados por vírgula, ex.: (1-2,4). A lista apresentada no final do trabalho deve ser numerada de forma consecutiva e os autores mencionados de acordo com a seqüência em que foram citados no texto, sem necessidade do número entre parênteses. Ex: 1. Gomes A.

Obs.: A veracidade das referências é de responsabilidade dos autores. Referências não contempladas nos exemplos descritos não serão aceitas.

 Valor de Publicação: R$ 300,00