É Possível a Fenomenologia de Husserl como Método de Pesquisa em Psicologia?

Ana Maria Lopez Calvo de Feijoo, Tommy Akira Goto

Resumo


RESUMO - Neste artigo, pretendemos questionar a possibilidade da utilização do método fenomenológico de Edmund Husserl nas pesquisas em psicologia. Apresentaremos, primeiramente, o projeto de fenomenologia de Husserl, com suas análises sobre a intencionalidade, o método fenomenológico e a redução do empírico ao fenomenológico. De posse dessas concepções, discutiremos a pretensão de Amedeo Giorgi de utilizar o método empírico fenomenológico nas suas investigações em psicologia. Deter-nos-emos, especialmente, no modo como Amedeo Giorgi aplica o método fenomenológico às pesquisas em psicologia para mostrar os momentos imprescindíveis, mas, ao mesmo tempo, ambíguos, da investigação fenomenológica na psicologia. Por fm, levantaremos questões e apontaremos respostas acerca da possibilidade de aplicação do método de Husserl às investigações em psicologia.


Palavras-chave: fenomenologia, psicologia fenomenológica, metodologia


Palavras-chave


Fenomenologia; método; pesquisa; Amedeo Giorgi; psicologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Psicologia: Teoria e Pesquisa

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.