Imigração e integração local

o caso do ensino de língua portuguesa como língua de acolhimento para imigrantes no Distrito Federal

Palavras-chave: Imigrantes, integração local, ensino de português

Resumo

O artigo se insere na pesquisa sobre as condições de vida dos imigrantes no Brasil, e trata do aspecto do ensino da língua portuguesa como fator de integração local de imigrantes a partir de experiências realizadas no Distrito Federal. O objetivo deste artigo é compreender como está se dando a integração local dos imigrantes no Brasil, por meio do aprendizado da língua portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hannah Zuquim Aidar Prado, Universidade de Brasília

Bacharel em Serviço Social pela PUC-SP (2011). O TCC se intitula A condição da mulher presa nas penitenciárias do Estado de São Paulo: a procura do Assistente Social. Foi estagiária e mais tarde pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Questões Metodológicas em Serviço Social (NEMESS - PUC-SP) em projetos de pesquisa sobre o tema do Sistema Prisional Feminino. Atuou como assistente social no Serviço Franciscano de Apoio a Pessoa em Conflito com a Lei e Familiares. De março de 2014 até março de 2016 realizou mestrado em Política Social na Universidade de Brasília com o tema das mulheres trabalhadoras do comércio de drogas. Em 2017 foi pesquisadora o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), em pesquisa sobre as condições de vida de imigrantes e refugiados no Brasil. Foi durante dois anos professora substituta de Serviço Social na Universidade Federal do Goiás (Regional Goiás) e realiza pesquisas com o tema dos direitos humanos, gênero, segurança pública, juventude e políticas sociais. Atualmente é doutorando em Política Social na UnB, com o tema da infância criminalizada pelo comércio de drogas. 

Publicado
2019-04-21
Como Citar
Prado, H. (2019). Imigração e integração local. Revista Do CEAM, 4(1), 96-108. https://doi.org/10.5281/zenodo.2648111