v. 2, n. 5 (2017)

Baudelaire, 150 anos depois

Há 150 anos, em 1867, morria em Paris, prematuramente, o poeta Charles Baudelaire, aos 46 anos de idade. Entre poesia, crítica e páginas de journal intime, Baudelaire é talvez o autor do milhar de páginas mais surpreendente e tocante da poesia moderna francesa, imprimindo-lhe un frisson nouveau, como bem anteviu Victor Hugo.

A Equipe da Revista XIX – Artes e técnicas em transformação decidiu, tal como vários outros periódicos mundo afora, prestar justa homenagem ao poeta, objeto de interesse direto de parte de seu núcleo de pesquisadores interessados em cultura, artes, humanidades, política e sociedades oitocentistas de forma geral.

Edição completa

Ver ou baixar a edição completa PDF

Sumário

Capa

Grupo de Pesquisa Victor Hugo e o Século XIX
PDF

Sumário

Sumário
Grupo de Pesquisa Victor Hugo e o Século XIX
PDF

Expediente

Expediente
 
PDF

Editorial

Editorial
Eduardo Veras
PDF
Éditorial
Eduardo Veras
PDF

Dossiê

André Guyaux
PDF
André Guyaux
PDF
Andrea Schellino
PDF
Andrea Schellino
PDF
Marcos Antonio de Menezes
PDF
Edson Rosa
PDF
Biagio D'Angelo
PDF
Biagio D'Angelo
PDF
Luís Manuel A. V. Bernardo
PDF

Ensaios

Francine Ricieri
PDF

Traduções

Denise Bottmann
PDF
Thiago Mattos
PDF
Eclair A Almeida Filho, Ana Lúcia P. Magalhães
PDF
Fernando José Fagundes Ribeiro
PDF
Renata M. P. Cordeiro
PDF
Gilles Jean Abes
PDF

Entrevista

Grupo de Pesquisa Victor Hugo e o Século XIX
PDF