PROBLEMATIZANDO REFERÊNCIAS PARA A EDUCAÇÃO POPULAR: PAULO FREIRE E JÜRGEN HABERMAS

Sandro de Castro Pitano

Resumo


Resultado de uma investigação bibliográfica, o artigo promove aproximações e evidencia afastamentos entre Paulo Freire e Jürgen Habermas, dedicando especial ênfase ao possível impacto de suas ideias para os propósitos da práxis educativa na concepção popular. As conclusões enfatizam a fragilidade da proposta habermasiana e destacam a maior consistência da perspectiva freireana na luta contra a opressão social.

Palavras-chave


Educação popular; Paulo Freire; Jürgen Habermas; opressão; libertação.

Texto completo:

PDF


 

 

Licença Creative Commons
A Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação (RESAFE) é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Unported.
Based on a work at seer.bce.unb.br.