SOBRE A POSSIBILIDADE DE ENSINAR E APRENDER: UM CONTRAPONTO ENTRE PLATÃO E JOÃO AMÓS COMÉNIO

Kelvin Custódio Maciel, Mateus Gabardo Lemos

Resumo


O artigo tem como objetivo compreender as relações entre Platão e Coménio no que se refere à possibilidade e aos modos de ensinar e aprender. Tanto Platão como Coménio veem a educação como principal forma de desenvolver o ser humano. Para isso, levam em conta a formação integral do mesmo, não se limitando à parte técnica e nem a pura transmissão de informações, mas o seu ser em geral. Ambas as propostas de ensino são resultantes da maneira como entendem o ser humano, e a capacidade que este tem de aprender. É possível ensinar tudo a todos? O que esses dois importantes teóricos da educação podem nos auxiliar numa análise crítica da educação contemporânea?


Palavras-chave


Coménio. Educação. Ensinar-aprender. Platão. Ser humano.

Texto completo:

PDF


 

 

Licença Creative Commons
A Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação (RESAFE) é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Unported.
Based on a work at seer.bce.unb.br.