Perspectivas de aprendizagem e o uso das TICs como ferramentas de ensino no espaço escolar

  • Jucenilton Alves dos Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Palavras-chave: Educação, TICs, Sala de aula, Desafios

Resumo

Este artigo, de natureza bibliográfica, pretende investigar a influência das Tecnologias de Comunicação e Informação como mediadoras da aprendizagem no cotidiano da sala de aula e refletir sobre o papel das tecnologias e das perspectivas que envolvem os seus usos na escola, bem como, as barreiras que impedem um uso mais efetivo desses recursos na educação. O arcabouço teórico que fundamentou essa pesquisa são os estudos de Beato (2009); Damasceno (2010); entre outros. Espera-se com este trabalho reconhecer as Tecnologias da Comunicação e Informação como ferramentas pedagógicas mediadoras da aprendizagem. É relevante refletirmos sobre o papel das tecnologias e das perspectivas que envolvem os seus usos na escola.  Portanto, esta pesquisa se mostrou importante como fonte investigativa e de motivação na área de educação, reconhecendo as ferramentas tecnológicas de Comunicação e Informação como ferramentas pedagógicas mediadoras da aprendizagem tecnológica em várias atividades educativas em que a leitura e a escrita se fazem necessárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jucenilton Alves dos Santos, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Mestre em Letras pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB (2015-2017); Especialista em Gestão Escolar - Educação a Distância pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2012-2013); Especialista em Leitura, Produção e Interpretação de Textos pelas Faculdades Integradas Euclides Fernandes - FIEF (2011-2012); Especialista em Gestão Educacional pela Faculdade de Educação Superior do Piemonte da Chapada - FESPC (2011-2012); Graduado em Letras (Língua Portuguesa e Literaturas da Língua Portuguesa) pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB (2005-2009). Atualmente é professor no Colégio Estadual Virgílio Pereira de Almeida e Coordenador Técnico-Pedagógico na Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Itiruçu-BA. Tem experiência na área de Ciências Humanas com ênfase em Antropologia (gênero, sexualidade) e Educação (Práticas Pedagógicas e Gestão Escolar), na área de Linguística, Letras e Artes com ênfase em Literatura Brasileira e Portuguesa, Leitura, Escrita e Gêneros Textuais e na área de Ciências Políticas com ênfase em Políticas Públicas e Movimentos Sociais.

Referências

ANTUNES, Irandé. Aula de português; encontro & interação. São Paulo: Parábola, 2008.

BEATO, Zelina. Tecnologias da Comunicação e Informação aplicadas ao ensino-aprendizagem de Línguas: Letras Vernáculas/EAD, Ilhéus: Editus, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa. 3 ed. Brasília: MEC. 1998.

CAETANO, Nara. Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação: Um desafio na prática docente. In: Fórum Linguístico, 2009 Florianópolis. Universidade Estadual de Santa Catarina 22 p. http://www.inesulfipar.edu.br/universidadevirtual/artigos/artigo_tecnologia_da_informacao_e_comunicacao_na_educacao.pdf. Acesso em 12/01/2018.

DAMASCENO, R.A Resistência do professor diante das Novas Tecnologias. Campinas: Papirus, 2010.

DEMO, Pedro. O PORVIR- Desafios das Linguagens no século XXI. 20. ed. Curitiba: Ibex, 2004. 189 p.

LITWIN, Edith. Cenário para Análise das Tecnologias. Pátio Revista Pedagógica, Porto Alegre, n. 44, p.16-19, 2º sem. 2007.

MORAN, J. M. Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. 2ª ed. Campinas: Papirus, 2009.

PERRENOUD, P. 10 novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

XAVIER, Antonio... [etal.]. Hipertexto e cibercultura: links com literatura, publicidade, plágio e redes sociais. São Paulo: Respel, 2011. 280 p.

KENSKI, Vani Moreira. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas/SP: Papirus, 1998 (Série Prática Pedagógica).

Publicado
2018-07-30
Como Citar
SantosJ. A. dos. Perspectivas de aprendizagem e o uso das TICs como ferramentas de ensino no espaço escolar. Discurso em Cena, v. 2, n. 1, p. 22-34, 30 jul. 2018.