A METAFÍSICA TOMISTA DO ESSE

  • SÉRGIO CARLOS DA SILVA MENESES Universidade do Estado do Rio Grande do Norte –UERN
  • JOSAILTON FERNANDES DE MENDONÇA Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
Palavras-chave: Esse. Ens. Essência. Ato. Participatio

Resumo

O artigo apresenta a centralidade do conceito de ser (esse) na metafísica de S. Tomás de Aquino, com ênfase na influência da noção platônica de participatio em sua elaboração. Nesta perspectiva o texto explora as várias influências recebidas pelo Aquinate na elaboração de sua ontologia, apresentando como as noções de causalidade, ato e potência, participação, esse e ens, essência e existência, foram sintetizadas de modo orgânico e rigoroso numa perspectiva metafísica original na história da filosofia ocidental. Assim, demonstra-se que o esse, como fundamento da realidade, é anterior à essentia e, pela sua atualização, possibilita o ente (ens): ens quod habet esse, o ente é aquilo que tem ser. A “diferença ontológica” tomista é, portanto, colocada como a diferença entre aquilo que é e aquilo que tem ser.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

SÉRGIO CARLOS DA SILVA MENESES, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte –UERN

Mestrando em Ciências Sociais e Humanas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte –UERN. Graduado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2016). Interesse em filosofia, sobretudo filosofia antiga e medieval, com ênfase em Platão e Santo Tomás de Aquino.

JOSAILTON FERNANDES DE MENDONÇA, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

Doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Mestrado em Filosofia pela UFPB. Professor do Departamento de Filosofia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Interesse em Metafisica, Filosofia Analítica e Lógica

Referências

TOMÁS DE AQUINO. Suma Theologiae. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. De Veritate. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. In Ethicam. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. In Metaphysicam. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. Contra Gentes. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. Compendium Theologiae. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. De Ente et Essentia. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. De Potentia Dei. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. De Spiritualibus Creaturis. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
______. II Sent. Corpus Thomisticum. Disponível em < http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
FABRO, Cornelio. Participación y causalidad según Tomás de Aquino. Trad. María Lilián Mújica Rivas. Navarra: Ediciones Universidad de Navarra, 2009.
______. Introducción al Tomismo. Trad. María Francisca de Castro Gil. Madrid: Ediciones Rialp, S. A., 1967.
GARDEIL, Henri-Dominique. Iniciação à Filosofia de S. Tomás de Aquino. Disponível em < http://www.documentacatholicaomnia.eu/03d/sine-data,_Gardeil._HD,_Iniciacao_A_Filosofia_de_S._Tomas_de_Aquino,_PT.pdf > Acesso em: 07 de junho de 2016.
GILSON, Étienne. The Philosophy of St. Thomas Aquinas. Trad. Edward Bullough. New York: Barnes & Nobles Books, 1993.
______. O espírito da filosofia medieval. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
KNASAS, John. Being and Some Twentieth-Century Thomists. New York: Fordham University Press, 2003.
LAMBERMONT, Jean. O Absoluto segundo Shânkara. Trad. Felipe Coelho. Louvain: Revue Philosophique série III, vol. 47, n.º 14, 1949. Disponível em < http://wp.me/pw2MJ-2io >. Acesso em: 07 de junho de 2016.
MARITAIN, Jacques. Sete lições sobre o ser. Trad. Nicolás Nyimi Campanário. São Paulo: Loyola, 2006.
______. L'humanisme de Saint Thomas d'Aquin, in Mediaeval Studies, 3 (1941).
______. Court traite de l'existence et de l'existant. Paris: Paul Hartmann Éditeur, 1947.
PRADO, Noberto Del. De veritate fundamentali philosophiae christianae. Friburgi Helvetiorum: ex typis consociationis Sancti Pauli, 1911.
RAMIREZ, Santiago. Introducción a Tomás de Aquino. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1975.
REALE, Giovanni / ANTISERI, Dario. História da filosofia: patrística e escolástica. Trad. Ivo Storniolo. São Paulo: Paulus, 2005.
REALE, Giovanni. Metafísica – Ensaio Introdutório. Trad. Marcelo Perine. São Paulo: Edições Loyola, 2001.
Publicado
2019-02-12
Como Citar
DA SILVA MENESES, S., & DE MENDONÇA, J. (2019). A METAFÍSICA TOMISTA DO ESSE. Revista Brasileira De Filosofia Da Religião, 5(1), 119-137. Recuperado de http://periodicos.unb.br/index.php/rbfr/article/view/22897