QUANTIFICADOR EXISTENCIAL, LÓGICA E O MONOTEÍSMO CRISTÃO TRINITÁRIO: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE UMA RELAÇÃO ENTRE CIÊNCIAS FORMAIS E A FILOSOFIA DA RELIGIÃO

  • PAULO JÚNIO DE OLIVEIRA Universidade Federal de Goiás
Palavras-chave: Lógica, Monoteísmo, Politeísmo, Trindade

Resumo

Este artigo discute uma relação entre a ciência formal da lógica semântica e algumas noções monoteístas, politeístas e cristãs trinitárias. Essa relação aparece no uso do quantificador existencial e noções lógico-modais quando alguns conceitos monoteístas e politeístas e, principalmente, o conceito do Dogma da Trindade são analisados. Desse modo, algumas noções modais pressupostas irão aparecer em algumas proposições monoteístas, tal como a noção de “logicamente necessário”. A partir daí, será mostrado como o termo “Deus” é um termo polissêmico e é frequentemente tratado tanto como sujeito quanto predicado. Isso tornará claro que não há justificação intelectual plausível para acreditar que o termo “Deus” possa apenas ser usado como um nome e nunca como um predicado, e vice-versa. Depois dessa análise, irei mostrar que a conjunção do “Dogma da Trindade” com algum tipo de “posição monoteísta” irá necessariamente implicar alguma classe de absurdidade e/ou “esquisitice” semântica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOETHIUS, A. M. S. The Trinity is One God Not Three Gods. In: ______. Tractates, De Consolatione Philosophiae. Translation by H. F. Stewart; E. K. Rand. London: The Loeb Classical Library, 1968. p. 3-31.

Butler, E. P. Essays on a Polytheistic Philosophy of Religion. 2. ed. New York City: Phaidra Editions, 2014.

DOBLER, T. Wittgenstein on Grammar and Grammatical Method. 2011. 203f. Doctoral dissertation (Philosophy) – School of Philosophy University of East Anglia, United Kingdom, 2011.

PSALM. Português/Inglês. In: BÍBLIA SAGRADA/HOLY BIBLE. São Paulo: Editora Vida, 2003. p. 649.

Ratzinger, J. Introduction to Christianity. New York: Herder and Herder, 1970.

SADAKATA, A. Buddhist Cosmology. Tokyo: Kosei Publishing Co, 1997.

Sherrard, P. Logic and the Absolute: Platonic and Christian Views. Studies in Comparative Religion, v. 7, n. 2, 1973. Available at: < http://www.studiesincomparativereligion.com/public/articles/Logic_and_the_Absolute_Platonic_and_Christian_Views-by_Philip_Sherrard.aspx > Access on: 17. Set. 2017.

SMULLYAN, R. A. First-Order Logic. New York: Dover Publications, 1995.

Steinhart, E. On the Number of Gods. International Journal for Philosophy of Religion, v. 72, n. 2, p. 75–83, 2012.

ZALTA, N. Z. Basic Concepts in Modal Logic, 1995. Available at: < https://mally.stanford.edu/notes.pdf > Access on: 09. Set. 2017.

Publicado
2018-08-09
Como Citar
DE OLIVEIRA, P. (2018). QUANTIFICADOR EXISTENCIAL, LÓGICA E O MONOTEÍSMO CRISTÃO TRINITÁRIO: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE UMA RELAÇÃO ENTRE CIÊNCIAS FORMAIS E A FILOSOFIA DA RELIGIÃO. Revista Brasileira De Filosofia Da Religião, 4(2), 133 - 151. Recuperado de http://periodicos.unb.br/index.php/rbfr/article/view/11194