O NATURALISMO METODOLÓGICO LIMITA A CIÊNCIA?

  • PAULO MARINS GOMES Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Naturalismo Metodológico, Ciência, Deus, Teísmo.

Resumo

Neste trabalho pretendo argumentar que o naturalismo metodológico pode ser, em certos casos, uma limitação prejudicial à ciência. Para isso sustentarei três premissas. Em primeiro lugar, argumento que a existência de Deus é uma questão que ainda está em discussão na filosofia. Em segundo lugar, argumento que se for o caso que Deus existe, então isso provavelmente teria implicações para a constituição da realidade. Em terceiro lugar, sustento que diferentes teorias podem ser levantadas para explicar o mesmo conjunto de dados. Por fim, em quarto lugar, pretendo mostrar que a consequência lógica da relação entre as premissas apresentadas é que: se Deus existir, então o naturalismo metodológico levaria à produção de teorias incorretas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BERRY, R. J. (Org.) Verdadeiros cientistas, fé verdadeira. Viçosa: Ultimato, 2016.

CASTRO, Eduardo. “Leis da Natureza”. In: BRANQUINHO, J.; SANTOS, R. (eds.) Compêndio em Linha de Problemas de Filosofia Analítica. Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2013. Disponível em: <http://compendioemlinha.letras.ulisboa.pt/leis-da-natureza-eduardo-castro > Acesso em: 30 set. 2017.

EFRON, Noah J. O cristianismo gerou a ciência moderna. In: NUMBERS, R. L. Galileu na prisão e outros mitos sobre ciência e religião. Lisboa: Gradiva, 2012.

GRANDO, Vitor. “A ressurreição da teologia natural na filosofia analítica do século XX”. Revista Eletrônica Espaço Teológico. Vol. 8, n. 14, p. 18-30, jul/dez, 2014. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/reveleteo/article/view/19423> Acesso em: 30 set. 2017.

HARRISON, Peter. Os territórios da ciência e da religião. Viçosa: Ultimato, 2017.

HENRY, John. “A religião e a revolução científica”. In: In: HARRISON, PETER (org). Ciência e religião. São Paulo: Ideias e Letras, 2014.

JAMES, William. A vontade de crer. São Paulo: Edições Loyola, 2001.

KHUN, Thomas S. A Função do Dogma na Investigação Científica. Curitiba: UFPR-SCHLA, 2012.

MCGRATH, Alister. Fundamentos do diálogo entre Ciência e Religião. São Paulo: Loyola, 2005.

MCGRATH, Alister. Surpreendido pelo sentido. São Paulo: Hagnos, 2005.

MOREIRA-ALMEIDA, Alexander. “Explorando a relação mente-cérebro: reflexões e diretrizes”. Psiquiatria Clínica. São Paulo, vol.40, no. 3, 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832013000300005> Acesso em 30 set. 2017.

NASA. Dark Energy, Dark Matter. Disponível em: <https://science.nasa.gov/astrophysics/focus-areas/what-is-dark-energy> Acesso em: 30 set. 2017.

NUMBERS, R. L. Galileu na prisão e outros mitos sobre ciência e religião. Lisboa: Gradiva, 2012.

PESSOA JR, Oswaldo. As interpretações contemporâneas da mecânica quântica. 2017. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/255671453> Acesso em: 30 nov. 2017.

PLANTINGA, Alvin. God, Freedom and Evil. Grand Rapids: Wm. B. Eerdmans Publishing Co., 1977.

PLANTINGA, Alvin. Where the conflict really lies: science, religion, and naturalism. Oxford: Oxford University Press, 2011.

PLANTINGA, Alvin, “Religion and Science,” Stanford Encyclopedia of Philosophy (Winter 2016 Edition), Edward N. Zalta (ed.).

Disponível em: <https://plato.stanford.edu/archives/spr2014/entries/religion-science/> Acesso em: 30 set. 2017.

POLKINGHORNE, J. (2001). “Understanding the Universe”. Annals of the New York Academy of Sciences, 950: 175–182. DOI:10.1111/j.1749-6632.2001.tb02136.x

PORTUGAL, Agnaldo C. “Existência de Deus”. In: BRANQUINHO, J.; SANTOS, R. (eds.). Compêndio em Linha de Filosofia Analítica. Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa: Lisboa, 2014. Disponível em: < http://compendioemlinha.letras.ulisboa.pt/existencia-de-deus-agnaldo-cuoco-portugal/> Acesso em: 30 set. 2017.

SHERMER, Michael (2017): Scientific Naturalism: A Manifesto for Enlightenment. Humanism, Theology and Science. DOI: 10.1080/14746700.2017.1335060

STROEGER, W. R. “Deus, a Física e o Big-bang”. In: HARRISON, PETER (org). Ciência e religião. São Paulo: Ideias e Letras, 2014.

SWINBURNE, R. Deus existe? Tradução de Agnaldo Cuoco Portugal. 2. ed. Brasília: Academia Monergista, 2017.

WATTS, FRAZER. “Psicologia e Teologia”. In: HARRISON, P. (org.). Ciência e religião. São Paulo: Ideias e Letras, 2014.

Publicado
2018-08-09
Como Citar
GOMESP. M. (2018). O NATURALISMO METODOLÓGICO LIMITA A CIÊNCIA?. Revista Brasileira De Filosofia Da Religião, 4(2), 94 - 105. Recuperado de http://periodicos.unb.br/index.php/rbfr/article/view/11192