Um Diálogo Inesperado

a social-democracia na teoria da democracia de Joseph Schumpeter

  • Ronaldo Tadeu de Sousa

Resumo

O artigo defende a hipótese de que Joseph Schumpeter em Capitalismo, Socialismo e Democracia, mais do que construir uma teoria elitista e procedimental da democracia assentada no método institucional de seleção de governantes que competem pelo voto popular, estava de fato profundamente preocupado com a operatividade estável e equilibrado do método uma vez erigido. Pensando nisso Schumpeter passou a sustentar que os partidos socialistas teriam não só papel fundamental na estruturação e condições de funcionamento do método democrático, mas que seriam imprescindíveis para permanência desse e consequentemente da democracia

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-18