Influências do Parlamento Jovem Brasileiro no comportamento político dos egressos

análise da autopercepção dos jovens participantes

  • Lúcio Meireles Martins
  • Antonio Teixeira de Barros

Resumo

O estudo analisa a autopercepção dos participantes do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) sobre as influências do PJB no comportamento político dos egressos no período de 2006 a 2014, com base em survey eletrônico, incluindo análises quantitativas, por meio de técnicas descritivas e de inferência estatística. Os resultados apontam para uma mudança cultural duradoura e abrangente no nível da atitude política expressa no crescimento da confiança política no Poder Legislativo e, em menor nível, nos partidos políticos. O envolvimento social, caracterizado pelo interesse e motivação para o debate de questões sociais, e o engajamento cívico pelo acompanhamento da agenda política e pela participação em associações civis ampliam-se de forma relevante. A participação política formal em atividades partidárias também demonstra crescimento, entretanto, ocorre predominantemente entre homens e por egressos que também se engajaram no movimento estudantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-18