Representação política das pessoas com deficiência na Câmara dos Deputados

a percepção dos representados

  • Thais Teixeira Santos
  • Antonio Teixeira de Barros

Resumo

Este trabalho apresenta um estudo exploratório de caráter descritivo e
inferencial sobre a representação política das pessoas com defciência na
Câmara dos Deputados, com base em um websurvey com 562 sujeitos.
Foram realizados testes estatísticos de hipóteses a partir da correlação
entre as respostas obtidas e testes do tipo qui-quadrado. Com relação
aos representados, chegou-se à conclusão de que o acompanhamento
de atividades dos parlamentares é capaz de produzir diferença na
avaliação da representação. Além disso, variáveis como escolaridade,
renda e fliação partidária mostraram diferentes nuances nas opiniões
sobre o cenário da representação política. Por fim, a participação em
debates ou em associações e organizações da sociedade civil mostrou
potencial de modifcar as avaliações das pessoas com defciência sobre a
representação política

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-11-08